Série: Por Amor a Vera Cruz (Parte5)

A Igreja do Sagrado Coração de Jesus

A Igreja do Sagrado Coração de Jesus em Vera Cruz teve suas obras iniciadas em 1943. A Igreja foi erguida graças ao Padre Manoel Santos Lemos e as doações de diversos veranistas e fazendeiro. Na construção da Igreja, diversos jovens e pedreiros da Ilha ajudaram na obra, o material para a construção da Igreja veio da cidade de Salvador em saveiros.

Antes da década de 40, todos os batizados e casamentos dos morados do Mar Grande eram realizados em Itaparica, na Paróquia do Santíssimo Sacramento.

Assim, com a Construção da Igreja do Sagrado Coração de Jesus, nasce em Mar Grande na década de 40, antes da emancipação, a Paróquia do Sagrado Coração de Jesus, pois toda paróquia tem que ter uma igreja matriz e naquele momento nascia a Matriz do Sagrado Coração de Jesus.

Após a Inauguração da Igreja do Sagrado Coração de Jesus, onde hoje é a praça do Duro, fora construída a praça Anísio Nelson de Brito em 1967, pai de Almiro Antunes de Brito, primeiro prefeito de Vera Cruz e doador do terreno da Praça do Mar Grande. Na praça também existia um chafariz que abastecia a população do Duro com água potável. Com as diversas reformas e com o abastecimento de água encanada o chafariz da praça ficou abandonado até a sua desativação.

Da antiga praça, só existe fixada nas paredes da Igreja um pequena placa de sinalização da sua inauguração (1967). Durante todos estes anos a praça Anísio Nelson de Brito, passou por 4 grandes reformas, mudando completamente sua estrutura original.

O Sagrado Coração de Jesus é uma das três solenidades do Tempo Comum, dentro da Liturgia da Igreja Católica. A Solenidade para o Sagrado Coração de Jesus é realizada anualmente, após Corpus Christi.

O Sagrado Coração de Jesus aparece com uma cruz, espinhos e uma chama de fogo fazendo referência ao imenso amor de Cristo pela humanidade e que o demonstrou na cruz. Tem uma ferida no lado devido à lança do soldado romano.

A imagem do Sagrado Coração de Jesus, que fica na Igreja do Sagrado Coração de Jesus em Mar Grande foi construída no Rio de Janeiro, vindo para a Bahia em um navio em 1940, e logo depois veio para Mar Grande em um saveiro.

No dia em que a imagem veio para a Ilha, padre Manoel, reuniu diversos pescadores para buscarem a imagem do Sagrado Coração de Jesus, a vinda da imagem pela Baía de Todos os Santos foi uma verdadeira procissão náutica e a chegada na praia do Duro foi festejado com muita alegria por moradores e veranistas.

Para Heremita Costa, a Igreja do Sagrado Coração de Jesus, além de ser um local importante de oração e adoração para Nosso Senhor Jesus Cristo é uma obra expressiva no conjunto arquitetônico da praça Anísio Nelson de Brito. Quem de lancha chega ao Terminal Náutico de Mar Grande, tem a sua frente uma Igreja construída no estilo neogótico.

A arquitetura neogótica ou revivalismo gótico é um estilo de arquitetura revivalista originado em meados do século XVIII na Inglaterra. No século XIX, estilos neogóticos progressivamente mais sérios e instruídos procuraram reavivar as formas góticas medievais, em contraste com os estilos clássicos dominantes na época. Ao observar os formas e estrutura da igreja e perceptível a influência neogótica na Igreja.

Em 77 anos de existência, a Paróquia do Sagrado Coração de Jesus já teve diversos párocos: Padre Manoel Santos Lemos,Padre José, Padre Júlio Mateuzze, Padre Jorge Bomfim Costa, Padre Reginaldo, Padre Francisco de Souza, Padre André e atualmente temos o Padre Arenilto.

Publicação Silvano Sulzart

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: