Ilha de Itaparica: Por onde anda a reforma e ampliação do HGI

Em fevereiro de 2018 a população da região da Ilha de Itaparica recebeu de braços abertos a informação onde a Fundação José Silveira passaria a administrar o Hospital Geral de Itaparica (HGI), pois as reclamações da administração anterior eram constantes e a partir desse dia 5 de fevereiro de 2018 mudou a administração, neste mesmo dia o então governador Rui Costa se fez presente onde o mesmo fez diversos anúncios na melhoria para o atendimento e das instalações do referido hospital, também informou a respeito dos convênios dos municípios com as policlínicas onde o município de Itaparica fez com a cidade de Valença, já o município de Vera Cruz não optou em fazer o mesmo convênio deixando a população do município desassistida no que se refere aos exames de média e alta complexidade, nesse mesmo dia o governador do estado da Bahia também fez um anúncio da ampliação do Hospital Geral de Itaparica (HGI) para atender toda a região, meses se passaram e até o momento a tão desejada e prometida ampliação e restauração do HGI não teve início deixando toda a população frustrada, pois a mesma fica a depender de regulação para novos atendimentos cirúrgicos de alta complexidade para Salvador, Nazaré, Valença ou Santo Antônio de Jesus , voltando a repetir deixando a população de itaparicana com ‘gostinho de quero mais’ na saúde, segundo informações com a ampliação e a realização de que os equipamentos como tomografia, ressonância magnética, dentre outros equipamentos de alta e média complexidade estariam na unidade, o que se vê em outras cidades do estado da Bahia onde hospitais e policlínicas estão sendo construídas enquanto a reforma e ampliação com a promessa de um heliponto para facilitar o socorro de imediato de paciente que assim for necessário não saiu unicamente da promessa, talvez não se sabe pela promessa ou pelo compromisso.
A população da Ilha de Itaparica ainda aguarda ansiosa por esse feito, pois na verdade a saúde ela é prioridade, percebe-se que o governo do estado vem desenvolvendo construções, equipando hospitais por todo estado mas fica uma grande pergunta ‘Será por que a Ilha de Itaparica está a 12 km de Salvador?’, esta é uma pergunta que não quer calar, todos gostariam de saber, então para isso fica o desafio para os senhores gestores municipal e para os senhores gestores de saúde, como também para o governo do estado da Bahia e o seu gestor de saúde, mais uma vez a pergunta ‘Por que a ilha não tem uma saúde com equipamentos de qualidade?’, a pergunta está feita só falta as respostas, como também as ações para modificar todo esse contexto negativo, que venha a reforma, que venha os equipamentos e que a Ilha de Itaparica tenha um atendimento em saúde de qualidade, pois a sua população já cansou de tanta dificuldade nesta área.

Mais uma vez vem a promessa do governo do estado através do Secretario de Saúde em fazer essa diferença para a saúde da Ilha, as informações vem das redes sociais onde os gestores dos municípios da Ilha de Itaparica falam em um consórcio das gestões onde o hospital passaria a ser administrado pelos dois municípios, nada oficial do governo do estado, porém em vídeo ambos gestores municipais firmam esse compromisso o que é bastante salutar.

Visão Cidade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: