Caixa e Marinha investirão no desenvolvimento de 100 atletas

A Caixa Econômica Federal e a Marinha do Brasil firmaram parceria com o objetivo de incentivar o desenvolvimento de atletas paralímpicos brasileiros oriundos de comunidades do Rio de Janeiro.

Serão selecionados, por meio de edital, 100 atletas das modalidades de atletismo, natação, halterofilismo e tiro desportivo, que contarão com treinadores e monitores especializados, bem como com material esportivo específico e fornecimento de uniformes e equipamentos. O acordo terá recursos do Fundo para o Desenvolvimento das Loterias (FDL).

Fomentar o desporto paralímpico nacional e promover, por meio do esporte, a inclusão social de pessoas com deficiência. Esse é o propósito do acordo firmado entre a Marinha do Brasil, por meio do Centro de Educação Física Almirante Adalberto Nunes (Cefan), e a Caixa Econômica Federal. O acordo inédito foi assinado tendo como proponente a Associação Desportiva Almirante Adalberto Nunes (ADAAN).

Cefan

As atividades serão desenvolvidas no Cefan, que é um centro de referência paralímpico e parceiro do Comitê Paralímpico Brasileiro, localizado na Avenida Brasil, na Penha (RJ).

Em uma área de 225 mil metros quadrados, a organização militar possui instalações desportivas que cumprem os requisitos para competições nacionais e internacionais, Laboratório de Pesquisas em Ciências do Exercício e equipamentos desportivos de última geração.

Sede do Programa Olímpico da Marinha para atletas de alto rendimento, é responsável, também, por conduzir o Treinamento Físico Militar na Marinha, além de promover a inclusão social, com o Programa Forças no Esporte (PROFESP), que atende crianças e jovens em situação de vulnerabilidade social por meio do esporte.

(www.gov.br)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: