Low cost chilena inicia voos para Salvador

Mais destinos do Brasil passam a ser atendido pelas low costs. A companhia aérea de baixo custo JetSmart iniciou na sexta-feira (27) voos regulares entre Santiago, no Chile, e Salvador (BA). Serão quatro voos diretos por semana, saindo às terças, sextas, sábados e domingos durante o verão. Em setembro deste ano, a companhia já havia anunciado sua presença no país.

E não é só a capital baiana que contará com rotas da empresa chilena. A partir do dia 5 de janeiro, a JetSmart estreia voos para Foz do Iguaçu e, em 20 de março, para São Paulo, com voos saindo do aeroporto internacional de Cumbica, em Guarulhos. O ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, destaca que a operação de novas empresas reforça o trabalho voltado ao aumento da conectividade aérea.

“O estímulo à competitividade é uma das medidas para estimular a queda no preço das passagens. Países vizinhos, como Argentina, Colômbia e Chile, com cerca de um quarto da população do Brasil, têm mais que o dobro de empresas voando nos destinos domésticos. A chegada das low costs traz mais ofertas de baixo custo e faz parte de uma nova estratégia do Turismo, que coloca o setor no centro da agenda econômica do país”, afirma o ministro.

O CEO e fundador da JetSmart, Estuardo Ortiz, adianta que a empresa vai continuar avançando no Brasil, um dos mercados que ele considera mais relevantes em toda a América do Sul. “Além disso, acreditamos que os preços mais baixos criam um estímulo imenso, que fará com que os brasileiros escolham viajar mais de avião. Os novos voos unirão importantes destinos, fomentando o turismo, a conectividade e o desenvolvimento econômico”, comenta.

As passagens oferecidas pela empresa chilena dão direito a uma bagagem de mão com no máximo 10 quilos. Serviços como marcação antecipada de assento, entretenimento ou serviço de bordo são pagos à parte. Os voos para os três destinos brasileiros já estão disponíveis no site da companhia.

A JetSmart é a quarta companhia low cost (baixo custo) a receber autorização para operar no Brasil. As outras três são a europeia Norwegian, a chilena Sky Airlines e a argentina Flybondi. No começo de dezembro, a JetSmart comprou a concorrente Norwegian Air Argentina, subsidiária da empresa Norwegian Air Shuttle. A empresa opera na Argentina realizando voos regionais para oito destinos dentro do País.

Com informações do Ministério do Turismo

(www.gov.br)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: