Prefeito de Vera Cruz fala sobre o Club Med



Amigas e Amigos de toda Ilha de Itaparica: A divulgada saída do resort Club Med da Ilha é algo que já se comenta há muito, ganhando mídia nos últimos dias, principalmente com a proximidade do encerramento do contrato do grupo com o UNIBANCO, posto que o Banco é o proprietário de 50% de toda a área do imóvel, encerrando o arrendamento agora em 31/07/2019. Tenho mantido desde janeiro de 2017, quando assumi a Prefeitura, um diálogo direto com a diretoria do Club, com sede no Rio de Janeiro, que recentemente se mostrou surpresa e satisfeita com a ocupação do último ano, elogiando as atuais melhorias estruturais na nossa cidade, e relatando um pico de hospedagem no resort, com aumento significativo na venda dos pacotes do vilage, que chegou a alcançar lotação máxima nos últimos meses, mas que vem, porém, desde 2009 num cenário desfavorável, com a queda gradativa do turismo na Ilha e falta de investimentos, o que por oito anos, de 2009 a 2016, nos fez amargar dias difíceis, e aliás justamente em 2009 ocorreu o último investimento do grupo no resort, que de lá pra cá já vem desativando grande parte da sua estrutura. Apenas a nossa gestão em 2017 deu início a mudanças estruturais e ao fim daquela sensação de que nada acontecia e de que a cidade seguia ladeira abaixo. No entanto nestes momentos surgem sempre as velhas figuras que, torcendo contra a Ilha, aproveitam para atribuir algum tipo de responsabilidade a gestão atual, até de forma irracional, como no caso da demolição do antigo casarão, quando se forçou uma pauta da “perda pro turismo” pela demolição, quando na realidade há mais de uma década havia ali apenas ruínas inativas e abandonas que por muitos e muitos anos foi dando lugar a um ambiente escuro, insalubre, perigoso até, e que não teve qualquer atenção, ficando à mercê apenas de especulação imobiliária em todo período que esteve abandonado, como ocorreu com imóveis similares. A realidade é que quando assumimos a Prefeitura em 2017, ali não havia mais sequer resquício do outrora nominado: Casarão da Ilha. Da mesma forma o Club Med já vem ao longo dos últimos anos desativando dezenas de apartamentos e cessando gradativamente o uso do resort, datando o último investimento na estrutura de 2009, o que também passou despercebido todos estes anos pelo poder público. Hoje, apesar de termos iniciado varias mudanças positivas para qualquer um que olhe de forma justa, e com melhoras reconhecidas e relatadas até pela própria direção do Med, o fato é que o enceramento do contrato do Club com o Unibanco, que ocorre em julho próximo, aliada à falta de investimento estrutural há 10 anos no vilage, tornou real a possibilidade do grupo encerrar suas atividades no imóvel, e como Prefeito, apesar do Club ontem não ter confirmado a notícia, tenho necessidade de fazer este alerta. A possibilidade é real pelo cenário negativo que se acumulou. Porém hoje, não só o Município, mas também o Estado, através da Secretaria de Turismo tem se mobilizado, e já se colocou à disposição propondo toda ajuda possível para que sejam trazidos investimentos ao vilage, quando deixo a todos a certeza que estaremos fazendo o nosso melhor para que a Ilha não colha mais esta perda plantada por aqueles a quem já dissemos não.

Marcus Vinicius
Prefeito de Vera Cruz



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: