Mutirão de mamografias é ofertado no Hospital Municipal até novembro

Por identificar no histórico médico familiar casos de câncer de mama, Carla Roberta da Silva, 37 anos, compareceu ao Hospital Municipal de Salvador nesta terça-feira (16) para realizar pela primeira vez o exame da mamografia. Até o dia 15 de novembro, a unidade hospitalar receberá mulheres encaminhadas por unidades de saúde municipais para a realização do exame. A intensificação na oferta deste serviço ao público feminino pelo hospital faz parte das ações da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) pela campanha do Outubro Rosa.

“Senti algo diferente tomando banho, alguma coisa no formato do seio me chamou atenção. Procurei logo o médico na unidade de saúde Fazenda Coutos, que é onde moro, e na mesma hora fui encaminhada para fazer o exame aqui. Nós mulheres temos que nos preocupar porque as doenças evoluem muito rápido e mesmo sendo nova já tenho essa preocupação”, explicou.

Caso similar ocorreu com a moradora da Vila Canária, Verônica Falcão, 41 anos. Ao sentir dores e alterações nos seios, ela procurou um unidade de saúde para obter informações e buscar um acompanhamento médico. “Senti um incômodo e procurei logo um clínico para me explicar o que deveria ser feito. É importante fazermos o exame o quanto antes”, destacou.

Estão sendo disponibilizadas 100 vagas por dia para a realização do exame, agendado sempre através de uma unidade de saúde. Os atendimentos serão efetuados de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h, e aos sábados, sempre das 8h às 17h. Os resultados são entregues em até 30 dias após a realização do exame, e a recomendação é que a paciente retorne ao médico solicitante para avaliação.

De janeiro a julho deste ano, 65 mil mamografias foram disponibilizadas pelo município, mas apenas 25 mil foram efetuadas pela população soteropolitana. A titular da Diretoria de Atenção à Saúde, Gerusa Moraes, explicou que o diagnóstico precoce do câncer de mama é imprescindível para que a paciente tenha êxito no tratamento da doença.

“Este é um período de mobilização para prevenção, e essa é apenas uma das ações da Secretaria de Saúde, aproveitando o interesse das pessoas no assunto. É positivo ver que as mulheres saem da inércia e se movimentam para se cuidar, estimuladas pela campanha. Quando oferecemos os exames nesse padrão diferenciado, elas acolhem mais a ideia”, destacou a gestora. Foram registrados em Salvador este ano 217 óbitos relacionados ao câncer de mama.

Todas as 128 unidades básicas de saúde estão em alerta para atender e encaminhar mulheres para a realização da mamografia no hospital e de ultrassonografias mamária e transvaginal. Esses dois últimos exames estão sendo efetuados em horário especial nos Multicentros de Saúde da Carlos Gomes e Liberdade de segunda a sexta-feira, das 17h às 20h, e aos sábados das 8h às 13h.

SECOM



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: