Comissão vai visitar instituições médicas

Parlamentares da Comissão de Saúde e Saneamento da Assembleia Legislativa da Bahia defi niram as datas para visitar instituições médicas do Estado. O primeiro órgão a ser visitado será o Hospital da Mulher, em Salvador, dia 16 de outubro, às 10h. O objetivo é conhecer as instalações, as condições de funcionamento e conhecer as intervenções necessárias para o melhor atendimento dos cidadãos.

A deputada Maria del Carmen (PT) sugeriu à Comissão de Saúde estender o convite da visita para a Comissão de Direitos da Mulher. A petista disse que o assunto interessa aos dois colegiados e que as deputadas precisam entender o funcionamento de um hospital com demanda fechada.

No dia 6 de novembro, a Comissão de Saúde vai à Feira de Santana visitar as unidades hospitalares do município. Os parlamentares vão visitar o Hospital Cleriston Andrade, Hospital da Criança, a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e visitar a construção da Policlínica. O convite do colegiado vai ser ampliado à Comissão de Saúde da Câmara de Vereadores da cidade.

A iniciativa de visitar às instituições hospitalares é do presidente do colegiado, o deputado Alex da Piatã (PSD). Para ele, a Comissão possui papel relevante e as visitas in loco apresentam novas perspectivas aos parlamentares. “Teremos sensibilidade para propor discussões e apresentar projetos de lei mais qualificados. No final, quem ganha é o cidadão”.
Os deputados também aprovaram visita à Santa Casa de Misericórdia, em Cachoeira, e nos hospitais de Santo Antônio de Jesus para o dia 14 de dezembro.

AUDIÊNCIA PÚBLICA

Alex da Piatã informou aos pares sobre a audiência pública que acontece na próxima reunião do colegiado, dia 16, sobre o Comitê de Combate a Acidentes de Motocicletas. “Este é um assunto de relevância e importância para a saúde pública. O Comitê vai apresentar o seu trabalho e os projetos”.

Alex também apresentou requerimento para realizar audiência sobre a criação de carreira de fisoiscal estadual na Vigilância Sanitária.
Segundo o presidente do colegiado, o debate está avançado no governo e a Comissão precisa conhecer as propostas dos servidores da Vigilância. O evento vai acontecer no dia 31 de outubro.
Ângelo Almeida (PSB) apresentou requerimento para realizar audiência pública sobre a Fundação Estadual de Saúde da Família (FESF-SUS). “É importante que a Comissão interaja com o corpo diretivo da Fundação”, disse o deputado, que informou sobre simpósio realizado pelo órgão para debater “O que deu certo e o que deu errado nos 30 anos do SUS”. A audiência vai acontecer no dia 24 de outubro.

A petista Maria del Carmen convidou os pares para participarem da Sessão Especial Outubro Rosa que vai acontecer no município de Juazeiro, dia 18 de outubro, às 9 horas, na Univasf, promovida pela Comissão de Direitos da Mulher.
A deputada informou que o município foi escolhido devido ao trabalho de rastreamento do câncer de mama com o Instituto Ivete Sangalo. “A ideia é que a gente promova esses debates em locais fora da Assembleia para alertar e conscientizar mais mulheres”, disse.

INFORMES

O deputado José de Arimatéia (PRB) informou sobre uma ação do Conselho de Medicina que impetrou recurso proibindo enfermeiros de realizarem exames de papanicolau.
Para o deputado essa ação diminui o acesso das mulheres a um exame importante para a saúde. Arimatéia deseja uma posição do colegiado sobre a ação do Conselho para revogar a ação.
O parlamentar também lembrou que ontem foi o Dia Mundial da Saúde Mental. Na oportunidade, Arimatéia questionou a ação do Governo do Estado em fechar os hospitais psiquiátricos e exige explicações sobre o assunto.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: