Castramóvel chega pela primeira vez à região do Centro Histórico

Pela primeira vez, a região do Centro Histórico de Salvador recebe o Castramóvel, serviço itinerante de castração de cães e gatos desenvolvido pela Secretaria Municipal da Saúde (SMS), através da Diretoria de Proteção Animal (Dipa). A unidade está instalada no estacionamento do Mercado São Miguel, na Rua J. J. Seabra, e prossegue até o dia 4 de março, com a realização de aproximadamente 15 procedimentos por dia, sempre de segunda a sexta-feira, das 8h às 13h.

Uma das pessoas que já aproveitaram a presença do serviço foi a doméstica Marli Carvalho dos Santos, que saiu da Cidade Baixa para levar a cadela da raça pinsher para ser atendida pelo veterinário. Ela confessou que não é a primeira vez que leva um animal para castração e considerou que é uma ótima iniciativa da Prefeitura. “As pessoas pegam os bichos para criar, não castram, abandonam, então quando vejo uma rua cheia de cães, eu tenho esse cuidado de levar para castrar”.

Protetora dos animais há mais de 30 anos, Magel Castilho sempre leva animais para o Castramóvel. Para ela, é importante controlar os bichos abandonados, principalmente para a saúde deles. “As pessoas às vezes nem sabem do benefício da castração, então é importante percorrer a cidade toda para que conheçam o projeto”.

Pleito – De acordo com a diretora da Dipa, Tainara Ferreira, já havia um pleito da população para que fosse instalada a unidade móvel no local. “Graças à parceria com a Prefeitura-Bairro Centro/Brotas e a Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop), que administra o mercado, conseguimos que este equipamento estivesse pela primeira vez no Centro Histórico, onde observamos uma grande demanda de animais”.

Para a gestora, é importante que seja feita a castração para o controle populacional, especialmente dos cães e gatos que vivem nas ruas, além de prevenir doenças como tumores mamários e de próstata. “É um benefício não só para o controle, mas também para a saúde dos animais”. Além disso, o procedimento diminui também a demarcação de território e, em muitos casos, reduz a agressividade do pet.

Para o subprefeito do Centro/Brotas, Alan Muniz, a ação faz parte da missão da Prefeitura de descentralizar os serviços municipais, no sentido de facilitar o acesso pelos cidadãos. “Assim, buscamos alternativas para que a população tenha acesso aos serviços, principalmente aqueles que não têm recursos, para fazer o tratamento do seu animal”.

Como agendar – Além da Barroquinha, o Castramóvel também está presente em Pau da Lima, na Rua Pastor José Guilherme de Moraes, 7, próximo à Delegacia Territorial do bairro. Os agendamentos para realização dos procedimentos acontecem via Internet,  através do e-mail agendamento.dipa@gmail.com. Na unidade de Pau da Lima, o processo também pode ser feito presencialmente – no local são oferecidas dez vagas diárias, das 8h às 13h.

Por e-mail, basta enviar RG e CPF do tutor, comprovante de residência em Salvador, cartão do SUS e cartão de vacina antirrábica do animal atualizada. No dia agendado é realizada a triagem do animal e, caso esteja tudo em ordem com a saúde, a castração é feita em seguida.

O animal deve estar em jejum por 12h e o tutor deve apresentar os seguintes documentos: RG e CPF do tutor, comprovante de residência de Salvador, cartão do SUS e cartão de vacina antirrábica do animal atualizada. Caso não possa comparecer ao dia agendado, o cidadão deve ligar para o número (71) 3611-7365, exclusivo para desmarcação das castrações, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.

SECOM

Foto: Bruno Concha-Secom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: