A Ilha de Itaparica e os mistérios do PDDU

Propaganda

PDDU (Plano de Desenvolvimento Urbano) para que serve, o que é.

É uma Lei Municipal que orienta o crescimento e o desenvolvimento urbano do município, elaborado com a participação da sociedade, na realidade um pacto social que define os instrumentos de planejamento urbano para reorganizar os espaços da cidade e que deve garantir a melhoria da qualidade de vida da população. O PDDU deve garantir que o crescimento e desenvolvimento da cidade sejam feitos de forma planejada, direcionando as ações do poder público e da iniciativa privada para o desenvolvimento do município e atendendo as necessidades coletivas da população.

Quanto tempo pode durar essas faltas e resoluções que são aprovadas por vereadores de cada município que na prática deveria ter a inteira participação popular nas discussões para que tudo que se ali for decidido tenha a chancela do povo, das associações, dos vereadores, da gestão municipal e de todos os segmentos que compõem um município, todos precisam ser ouvidos.

Algo muito interessante que vem acontecendo nos municípios que compõem a Ilha de Itaparica, a exemplo dos municípios de Salinas das Margaridas, Itaparica e Vera Cruz, desde o ano de 2015 o governo do estado apresentou para esses municípios o PDDU, o curioso é que tão somente no segundo trimestre do ano de 2019 começa as discussões sobre o Plano de Desenvolvimento Urbano de cada município, isso sendo cobrado pelo governo do estado e aí fica uma grande interrogação ‘Por que o governo do estado hoje está tão interessado que esse PDDU seja aprovado, para que?’ ,são perguntas sem respostas, são grandes interrogações sobre um plano de desenvolvimento que tanto interessa a esses municípios principalmente com a possível construção da ponte Salvador x Itaparica.

Tem-se visto carro de som, apelos nas redes sociais para que a população participe diretamente das discussões, mas o que será visto é o desinteresse da sociedade civil na discussão desse plano por conta da dúvida se a sua voz será realmente ouvida ou então simplesmente o ‘vento levará’, porque o que se comenta é que esse Plano Diretor Urbano foi para ser discutido agora já com o ‘martelo batido’ das grandes decisões ficando apenas a obrigatoriedade dessas discussões para que seja invalidados, fica uma pergunta no ar ‘Quando é que a sociedade civil organizada poderá realmente ter a sua voz válida em discussões do município?’.

Veja agora o que é e para que serve o PDDU:

Visão Cidade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: