Vera Cruz: Baiacu sinônimo de resistência

A comunidade do Baiacu na Ilha de Itaparica no município de Vera Cruz a 8 km da BA-001 tendo acesso pela estrada BA-886 ligando a comunidade da Coroa para a antiga vila de pescadores como era conhecida nos últimos anos desde o ano de 1999, a comunidade teve um crescimento bastante acentuada na sua economia por ser uma comunidade de vida própria pela sua atividade nas áreas de pesca e marisco e por ser um pouco mais desenvolvida atrai por ter melhor acesso ás comunidades de Campinas e Ponta Grossa por também estarem situadas na Contra Costa.

Economia

O crescimento passo a passo tem alguns mercados que supre as necessidades básicas, hoje conta com uma farmácia, restaurantes que comercializam os pratos da culinária local como exemplo muqueca de peixes e mariscos, existe estudos para ter no local um agência da Caixa como também um posto flutuante de combustível para abastecer as embarcações não só da comunidade como também da região.

Politica

Politicamente falando desta comunidade ‘Sempre foi o termômetro das eleições municipais’, diz o ditado popular quem se sobre sai na Festa do Baiacu esta eleito seja para prefeito, vereador, até mesmo para outros cargos eletivos a exemplo deste ano, nas últimas três décadas o Baiacu sempre teve um representante no legislativo municipal nesta última elegeu dois vereadores.
A comunidade é uma comunidade voltada para eventos culturais, possui uma Colônia de Pescadores, uma Associação de Marisqueiras, onde dá todo suporte para os seus associados ou não associados, nesta comunidade acontece o maior evento cultural da região entre os municípios de Vera Cruz, Itaparica e Salinas das Margaridas que é a Festa do Padroeiro da cidade que é festejado no dia 14 setembro levando milhares de visitantes para o povoado.

Visão Cidade



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: