Evento apresenta Salvador como destino de negócios para eventos

A Prefeitura, por meio da Secretaria de Cultura e Turismo de Salvador (Secult), participa nesta quinta-feira (28), às 19h, no Novotel Salvador, no Rio Vermelho, de um encontro com profissionais do trade turístico do país. A iniciativa é promovida pela Salvador Destination e o objetivo é apresentar a moderna infraestrutura de conferências e uma série de atrações turísticas que tornam a capital baiana propícia para receber eventos.

Na oportunidade, eles farão visitas in loco ao Centro de Convenções de Salvador, na Boca do Rio, além de conhecer a rede hoteleira e demais pontos da cidade. “Vamos fazer uma apresentação de Salvador, dos atrativos, dos pilares de captação de turistas, mostrando as oportunidades que a cidade oferece para o segmento de negócios e leisure”, disse o diretor de Turismo da Secult, Antônio Barretto Junior.

Para ele, a ação é extremamente necessária do ponto de vista de combater a sazonalidade do destino turístico, já que os eventos atraem participantes nacionais e internacionais, movimentando a economia da cidade. Atualmente, a capital baiana ocupa o 5º lugar na organização de eventos internacionais entre cidades brasileiras, segundo a ICCA (International Congress and Conventions Association).

O diretor lembra que a cidade passou um período de seis anos sem um Centro de Convenções, fazendo com que Salvador saísse do roteiro de grandes eventos. Porém, com a inauguração do novo equipamento em 2020, a cidade voltou a se capacitar para este mercado, em um local dotado de infraestrutura de nível internacional.

O gestor da Salvador Destination, Glicério Lemos, lembrou que são duas as prioridades no momento: dinamizar e acelerar a captação de eventos com a retomada do setor econômico e turístico. “A cidade está super atrativa, remodelada, requalificada, tendo repercussão lá fora. Isso é perceptível quando viajo: a satisfação das pessoas que vieram e encontraram uma nova Salvador”.

Segundo ele, a parceria com a Secult é de fundamental importância estratégica para a capital baiana. “São 53 setores diretamente beneficiados, então é importante realizar essa captação porque é um trabalho feito para toda a cidade e todos são atingidos positivamente por este trabalho”.

SECOM

(Foto: VC)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: