Salvador ocupa segundo lugar em ranking de informação contábil e fiscal

Salvador se destacou como a segunda capital do Brasil no Ranking da Qualidade de Informação Contábil e Fiscal do Tesouro Nacional, em relação a 2020. O levantamento divulgado na quarta-feira (24) mostrou que a capital baiana saltou oito posições em relação ao último relatório e recebeu o conceito máximo Aicf no indicador, com 84.51 pontos (97,1%). No cenário estadual, quando se observa apenas a Bahia, a capital está em primeiro lugar no ranking.

O levantamento verificou quatro dimensões distintas, as três primeiras são Gestão da Informação, Informações Contábeis e Informações Fiscais. A última dimensão analisou as informações contábeis e fiscais em conjunto e efetuou o cruzamento entre estes dados, observando a igualdade de valores entre demonstrativos diferentes.

A publicação do Tesouro Nacional tem como objetivo avaliar a consistência das informações contábeis e fiscais enviadas pelos Estados e municípios por meio do Sistema de Informações Contábeis e Fiscais do Setor Público Brasileiro (Siconfi). A avaliação demonstra que os cidadãos podem acompanhar, de forma clara e precisa, a situação fiscal do município, inclusive os índices de endividamento, e, ainda, a aplicação dos recursos em áreas como educação, saúde e assistência social.

“Salvador mais uma vez demonstra responsabilidade no que diz respeito ao planejamento e ações com os recursos públicos, o que permite investimentos para a cidade e retorno ao cidadão, além de aumentar a confiança do contribuinte em relação à Prefeitura”, afirmou a secretária da Fazenda (Sefaz) de Salvador, Giovanna Victer.

SECOM

Foto: Jefferson Peixoto-Secom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: