Rua Henrique Dias é requalificada e recebe Zona 30

Uma das vias que conectam a Praça Irmã Dulce até as proximidades da Colina Sagrada, na região da Cidade Baixa, a Rua Henrique Dias passou por total requalificação promovida pela Prefeitura e agora integra o projeto de tráfego Zona 30. A obra foi inaugurada nesta quarta-feira (15) pelo prefeito Bruno Reis, acompanhado do subsecretário de Infraestrutura e Obras Públicas (Seinfra), Lázaro Jezler, e do titular da Superintendência de Trânsito de Salvador (Transalvador), Marcus Passos, trazendo impactos significativos para a mobilidade de motoristas e pedestres.

Entre as intervenções estruturais realizadas está a construção da rede de drenagem com 730 metros de extensão, melhorando o escoamento das águas pluviais e evitando os alagamentos. Além disso, a Seinfra, por meio da Superintendência de Obras Públicas (Sucop), implantou aproximadamente 1 km de meio-fio e 3 mil metros quadrados de passeio em concreto, facilitando o deslocamento de pedestres.

Já a via, com extensão de 750 metros, recebeu cerca de 8 mil m² de asfalto, serviço que extinguiu os buracos, a irregularidade no pavimento e trouxe fluidez ao trânsito. O investimento total foi de quase R$6 milhões.

“Está sendo realizado um grande sonho dos moradores, que era a requalificação da Henrique Dias. Agora a rua está sinalizada e conta com iluminação em LED. Essa obra, ainda, tem um valor especial, pois resolve o problema de drenagem tanto desta via como da Rua Biguá”, declarou o prefeito Bruno Reis.

Proprietária de um salão situado na Henrique Dias, Cláudia Nonato, 53 anos, disse ter ficado muito contente. “Antes, realmente a rua estava muito estragada, com muitos buracos. Além disso, o trânsito era desordenado, com acidentes devido à velocidade dos carros e ausência de sinalização, não havia segurança para pedestres nem motoristas. Eu já presenciei queda de idosos algumas vezes em frente ao salão e não havia local para estacionamento. Ontem, após a obra, eu vi as pessoas caminhando e fazendo exercícios físicos. É até melhor para o meu comércio”, contou.

Para a trabalhadora aposentada Maria de Fátima dos Santos, de 60 anos, o local onde vive há 43 anos está bonito e mais seguro agora. “A requalificação melhorou bastante. O passeio era torto, com um lado raso e outro fundo, e não havia ciclofaixa, sendo que aqui há muitos ciclistas. A praça também está ficando ótima”.

Zona 30 – Além da recuperação com obras de micro e macrodrenagem, recapeamento e construção dos passeios e meio-fio, o local agora integra o projeto Zona 30, seguindo conceito internacional de engenharia de tráfego, que readequa a velocidade de algumas vias para 30 km/h . Com isso, a via recebeu nova sinalização horizontal e vertical, faixas de pedestre, ciclofaixa, novos mobiliários, além de 30 pontos de iluminação em LED.

“Estamos trazendo o projeto agora para toda a extensão da Rua Henrique Dias, totalmente requalificada, aproveitando a presença de escolas, praças e fluxo maior de pessoas para também implantar a Zona 30. É a prefeitura trazendo a cidade para o cidadão com ruas mais confortáveis para todos que aqui convivem, justamente para que possam passar por um trânsito mais calmo e com segurança”, disse Marcus Passos.

O conceito de Trânsito Calmo vem sendo implementado na cidade desde o ano passado, contemplando vias na Pituba (40 km/h) e em alguns trechos do Rio Vermelho e da Barra (30 km/h). Este ano, foram mais dois locais são Zona 30 em Salvador: a Baixa do Bonfim e as ruas situadas no entorno do Condomínio Greenvile, em Patamares. A intenção é que sejam entregues oito regiões de Zona 30 ainda este ano.

Urbanismo – Rua paralela ao Caminho de Areia, a Henrique Dias conta com importantes pontos comerciais, residências, espaços para atividades físicas, hospital, distrito sanitário, lar de idosos e escolas. Antes das obras, o local apresentava problemas de drenagem, estrutura irregular e possuía alguns trechos em paralelepípedo. As calçadas também estavam bem danificadas, prejudicando a acessibilidade.

Demais ações – O prefeito ainda anunciou outras ações na região. Em breve, deverá ser entregue a iluminação em LED em toda a Cidade Baixa. Além disso, será feita a requalificação do trecho entre o Largo de Roma e o Cantagalo, e está em fase de conclusão o projeto de revitalização da Avenida Porto dos Mastros, na Ribeira.

Foto: Bruno Concha

SECOM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: