Instalada Frente Parlamentar de Tecnologia e Inovação

Para acompanhar o desenvolvimento tecnológico de Salvador, a Câmara Municipal passou a contar com uma Frente Parlamentar de Tecnologia e Inovação. O Projeto de Resolução nº 17/2021 é de autoria do vereador Marcelo Maia (PMN) e a instalação foi feita na quinta-feira (9), durante audiência pública. A Frente de Tecnologia vai formular, coordenar, acompanhar e avaliar as políticas públicas relativas à inovação, tecnologia da informação e comunicação na capital baiana.

Além do vereador Marcelo Maia, que preside o colegiado, a reunião virtual contou com a participação do vice-presidente, vereador Paulo Magalhães Júnior (DEM), e do diretor de Inovação da Secretaria Municipal de Inovação e Tecnologia (Semit), Luis Henrique Gaban.

No texto da proposta cabe à Frente Parlamentar propor, desenvolver estudos, fiscalizar e viabilizar iniciativas dos poderes Legislativo e Executivo, que estejam relacionadas com a tecnologia e a inovação, como as ações da Semit, criada pelo prefeito Bruno Reis (DEM), como explica Marcelo Maia. Segundo o vereador, a intenção é fazer com que a Câmara acompanhe e participe do desenvolvimento tecnológico da cidade.

“Essa proposta tem a intenção de colocar a Câmara Municipal numa posição paralela ao desenvolvimento tecnológico da cidade. Hoje, Salvador já possui uma secretaria exclusiva para cuidar destes avanços. Então, nada mais justo que a Câmara esteja presente neste desenvolvimento, seja auxiliando, cooperando ou fiscalizando”, afirmou Maia.

Avanços

O vereador comenta o avanço diário da tecnologia: “Estamos sempre nos deparando com notícias sobre novas descobertas e um leque infinito de possibilidades parece estar aberto de forma constante. São tantos os fatores que fazem parte do nosso dia a dia, como celulares de alto desempenho, serviços de biometria, uso de inteligência artificial. E essa realidade de transformação propiciada pela tecnologia impacta diretamente em nossa cidade, daí a fundamental importância de a Câmara estar antenada e acompanhando essas evoluções constantes”.

Na proposta, o vereador ainda cita a criação da Frente como um estímulo e fomento para as inovações tecnológicas promovidas dentro das universidades e instituições de ensino.

“A Frente Parlamentar é uma grande conquista nossa, pois acreditamos que muitas das inovações tecnológicas que facilitam a nossa vida hoje em dia vêm de dentro das universidades e instituições de ensino. Então, penso que essa Frente Parlamentar pode ajudar, por exemplo, na criação de políticas públicas para o incentivo de pesquisas ou desenvolvimento de ações na área da tecnologia. Será um importante avanço para os pesquisadores e estudantes deste setor”, concluiu Maia.

Câmara Municipal de Salvador

(Foto: Visão Cidade)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: