Vera Cruz e Itaparica: Não existe transporte coletivo, qual seria a solução?

Em alguns municípios no Brasil ainda não existe transporte coletivo e sim a utilização de transporte alternativo e muitos deles através do transporte clandestino, em cima desses alternativos o que se pode ver é que com essa prática direitos adquiridos a portadores de necessidades especiais, por idosos acima de 60 anos aos 65 anos a depender da legislação individual de cada município ficam prejudicados para utilizar a gratuidade nestes transportes, pois os mesmos não são transporte coletivo de massa e sim alternativos individuais através de alvará fornecido por secretaria de transporte e prefeituras municipais, onde contempla um número muito grande de veículos placas vermelhas, exemplo de vans e micro-ônibus, em muitos desses municípios os carros que funcionam como táxi eles não utilizam a bandeira com os taxímetros e cobram disputando as passagens com o transporte alternativo, na verdade fica tudo no mesmo, as vans, topiques e táxis todas elas participam do sistema de transporte em municípios do interior da Bahia principalmente.
Fato como esse é bem corriqueiro e visto na Ilha de Itaparica nos dois municípios em Vera Cruz e Itaparica, não tenha dúvida que precisa ser feito algo para melhorar o transporte nas cidades, quando se fala dessa forma o transporte municipal aquele que é de competência individual de cada município, sabemos que os dois municípios tem uma faixa de limites bem próximas, na realidade ‘vizinhos’, de um lado Itaparica e do outro lado Vera Cruz, os munícipes utilizam desse transporte para se locomover entre os municípios, porém esse transporte não é conhecido como transporte intermunicipal, pois há uma grande mistura entre veículos de Itaparica e Vera Cruz em ambas cidades, várias tentativas já foram feitas de corrigir esse transporte, porém até agora nada, além de tudo isso existe ainda o Terminal Rodoviário de Bom Despacho que está no território de Itaparica que atende pela associação Askoita que faz o transporte do terminal para as localidades de Barra Grande, Jeribatuba, Matarandiba, Caixa Pregos e outros, como todo o Cone Sul, na realidade para toda a Ilha de Itaparica, porém essa empresa trabalha sob efeito de liminar onde também a mesma não respeita a passagem gratuita para idoso, como também para deficientes, algo precisa ser feito pelo gestores municipais e pela atual nova Câmara de Vereadores, pois afinal eleitos foram para darem uma resposta positiva para a sociedade e esse transporte no município de Vera Cruz e Itaparica é um ‘escravo’ de muitos anos.

Visão Cidade

Um comentário em “Vera Cruz e Itaparica: Não existe transporte coletivo, qual seria a solução?

  • 24 de janeiro de 2021 em 12:05
    Permalink

    A população da Ilha está crescendo Ilha está crescendo.
    A Ponte Salvador x Ilha, estará pronta em 2026 (previsto).
    A travessia pelo Ferry Boat é desumana.
    O Consórcio vencedor nas eleições de 2020, Vera Cruz x Itaparica x Salinas, nada falaram sobre o transporte terrestre de passageiros dentro da Ilha de Itaparica.
    Da mesma forma que o Ferry, ainda vejo kombis com mais de 30 anos de idade e em péssimo estado de conservação.
    São muitos alvarás renovados, muitos veículos clandestinos, sem falar nos mototaxistas em que muitos nem habilitação possuem.
    Não existe horário regulamentado para o funcionamento dos mesmos.
    A verdade mesmo é que após às 20:15hs em Mar Grande, quando a última lancha vindo de Salvador desembarca seus passageiros no Terminal aquaviário, é a deixa para todos irem embora.
    No meu entender, como acontece em outras cidades, deveria ter o plantão na:
    ▪ rodoviária
    ▪ em frente a Praça de Mar Grande
    ▪ em frente a UPA ou HMAS
    Estamos muito aquém sobre transporte público, e ao contrário de Itaparica, a CMVC é situação, nunca levou qualquer assunto para as comissões dentro do Municipio, e aprovam tudo e qualquer coisa a pedido do gestor, chegando ao cúmulo de se fazer reuniões secretas para as referidas aprovações.
    Espero que nesses 4 anos em que iremos percorrer, a nova liderança na Câmara de Vera Cruz venha ter uma nova postura, e que postura essa, venho notando que existe uma luz no final do túnel.
    Um ótimo domingo a todos.

    Atenciosamente,

    Osvaldo Silva Filho
    Administrador
    Especialista em Gestao de Projetos
    Analista de Dados e Ferramentas da Qualidade

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: