Prefeitura prorroga medidas restritivas de enfrentamento à Covid-19

O prefeito Bruno Reis anunciou nesta quarta-feira (20) a extensão do prazo de validade dos decretos que venceriam amanhã (21) e que estabelecem restrições em algumas atividades comerciais para enfrentamento à Covid-19. Foi prorrogado até o próximo dia 26 a proibição da comercialização e consumo de bebidas em espaços públicos no Rio Vermelho e Itapuã, de sexta-feira a domingo, das 17h às 7h do dia seguinte.

Ainda nesses dois bairros, segue proibida a comercialização, pelos bares e restaurantes, de alimentos e bebidas para pessoas que estejam em pé, tanto nas áreas internas quanto externas, bem como a obrigatoriedade da delimitação entre os estabelecimentos com utilização de barreiras físicas.

O decreto que suspende o funcionamento de cinemas, teatros e demais casas de espetáculo na capital baiana também foi prorrogado até o dia 26. A determinação proíbe eventos sociais nos clubes, inclusive recreativos e esportivos, a exemplo de festas, apresentações artísticas, aniversários, formaturas e casamentos, além do funcionamento de bares e lanchonetes nesses locais. A abertura de restaurantes é permitida apenas naqueles clubes que possuam entradas independentes para esses espaço.

Bruno Reis, que fez os anúncios hoje (20) durante o ato que marcou o segundo dia de vacinação contra o novo coronavírus, no Hospital Martagão Gesteira, explicou que o prazo de vigência de todas essas medidas coincidirá com a validade do decreto que suspende atividades de classe nas redes municipal e privada de ensino. Por isso que a prorrogação dessas medidas vai vigorar por apenas seis dias.

“Resolvermos fazer essa unificação dos decretos porque estamos concluindo o inquérito epidemiológico, fazendo levantamento nos últimos dez meses de incidências de casos, levantamento do número real de óbitos e de todas as informações necessárias para que o poder público possa tomar as melhores decisões”, explicou o chefe do Executivo municipal.

Taxa de ocupação – O prefeito destacou que o inquérito epidemiológico será concluído neste final de semana e que o resultado do estudo deverá ser apresentado nos próximos dias. Ele também reforçou que Salvador amanheceu hoje (20) com 68% de ocupação dos leitos de UTI0 exclusivos para pacientes com a Covid.

“A taxa tem variado nessa faixa de 70%. Em tese, a situação está sob controle, mas ninguém pode dizer que estamos livres do risco de colapso. Estamos vendo o que está acontecendo no mundo. O número de mortes tem aumentado em diversos países. Está ocorrendo em Manaus (AM). Ontem foi a vez do Pará, que sofre por falta de oxigênio”, alertou.

Bruno Reis anunciou, por fim, que a Prefeitura deverá abrir mais 10 leitos no Hospital Santa Clara, no Itaigara, na próxima semana. Com isso, a cidade praticamente terá a mesma quantidade de leitos exclusivos para pacientes com o novo coronavírus que tinha no pico da primeira onda da pandemia.

SECOM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: