A Volta as aulas em tempos de pandemia

Em​ tempos de pandemia com o covid19, a volta as aulas está sendo uma das maiores preocupações, até mesmo depois que vimos a reabertura dos Shoppings e a grande aglomeração que houve no primeiro dia, muitos sem preocupação alguma, como se nem mais existisse o contágio.
Venho ouvindo muitas opiniões a respeito desse retorno, mas não se tem visto uma movimentação dos professores. Será que eles foram consultados pelos governos dando suas opiniões? Não creio.
Qual o parecer dos professores? porque dos pais, uma maioria que foi perguntado, disseram não estar de acordo e que preferem um ano perdido do que a vida ceifada por esse vírus.
E existe também muitas dúvidas em relação a esse regresso, ainda mais quando se atinge mais de cem mil mortos, fica ainda mais preocupante.
Para uns, acredita se que as escolas só devem ser reabertas quando houver segurança para seus professores e alunos, e aí é que vem a grande dúvida: os alunos estarão assegurados para não haver um possível contágio, e os mesmos levarem o vírus para dentro de suas casas com sérios riscos para os idosos, ou quem mora com eles e tem grandes comorbidades, após esses tantos cuidados que tiveram para que isso não acontecesse no período de isolamento?
É de excessiva importância que comecem antes da volta às aulas, um grande planejamento detalhado para assegurar que os professores, alunos e outros funcionários terão garantidos as condições dos cuidados específicos para que não haja a transmissão da doença quando retornarem, para que todos estejam confiantes em mandar os que são de sua responsabilidade, de volta as escolas.
Outra dúvida de um pai aflito é saber se esse retorno será dentro de salas de aulas ou ao ar livre, que é o mais correto para evitar o contágio.
E seguem mais incertezas:
As escolas terão água e higiene?
Eles retornarão já educados de como devem proceder no caso de tossir ou espirrar tem que ser na parte interna do cotovelo ou em um lenço, sendo esse descartado imediatamente após usado?
Haverá treinamento de como devem fazer o distanciamento necessário?
E o apoio a saúde mental com combate também ao preconceito com quem contraiu o vírus, vai existir nas escolas?
O fato é que há grandes dúvidas sobre o futuro, o covid19 não está pra brincadeiras e anda a caça de novos hospedeiros desatentos, e temos que pensar com otimismo que essa fase vai passar.
O que nos resta é entregar todos os professores, alunos e funcionários ao Médico dos médicos e ter disposição para ver o lado bom das coisas, mesmo em tempos difíceis.

Por: Sarita Rodrigues

Visão Cidade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: