Castramóvel retoma atividades no bairro do Cabula a partir desta quinta-feira (23)

O serviço itinerante de castração gratuita de cães e gatos ofertado pela Secretaria Municipal da Saúde retomará os atendimentos na capital baiana a partir desta quinta-feira (23). O Castramóvel ficará estacionado na Universidade do Estado da Bahia (UNEB), campus Cabula, na Rua Silveira Martins, 2555.

O novo equipamento que foi totalmente reformulado e funcionará em dois contêineres adaptados, foi apresentado à população na manhã desta quarta-feira (22), na Praça Municipal. O titular da pasta, Leo Prates, e o diretor de Promoção à Saúde e Proteção Animal, Gustavo Moraes, acompanharam de perto as novas instalações.

“A boa notícia é que esse importante serviço será retomado com o equipamento totalmente requalificado e pronto para prestar um atendimento de qualidade de forma gratuita. O Castramóvel terá capacidade de realizar 30 procedimentos por dia e é o único dispositivo móvel do país que está em total conformidade com as exigências do Conselho Federal de Medicina Veterinária e Vigilância Sanitária”, destacou Prates.

A unidade seguirá na UNEB até 28 de fevereiro e o funcionamento acontece de segunda a sexta, das 08 às 17 horas. Para realização da cirurgia, o animal precisa ter tomado a vacina antirrábica, ter entre seis meses e cinco anos de vida, peso superior a um quilo, e as fêmeas não podem estar em período gestacional. É necessário comparecer ao local com documento oficial de identificação com foto, comprovante de residência atualizado do município de Salvador, cartão SUS e caderneta de vacinação do animal.

Implantado em março de 2013, o dispositivo móvel percorreu 30 bairros da capital, realizando mais de 30 mil castrações. De acordo com Gustavo Moraes, diretor de Bem-Estar e Proteção Animal, a adesão a castração favorece o controle de natalidade e combate a reprodução descontrolada, evitando o abandono dos pets em via pública. “Quanto menos animais abandonados nas ruas, menos riscos de transmissão de doenças para os seres humanos. É importante sensibilizar à população que o abandono de animais é crime, quem testemunha um bicho sendo abandonado deve denunciar em delegacia de polícia”, salientou.

Foto:Jefferson-Peixoto_Secom

ASCOM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: