Novo Hospital Cárdio Pulmonar será inaugurado nesta segunda (9)

Com um investimento superior a R$200 milhões em reforma, ampliação, modernização e equipamentos, o Hospital Cárdio Pulmonar (HCP), localizado há 42 anos na Avenida Anita Garibaldi, triplica sua capacidade de atendimento, passando de 76 para 249 leitos. A inauguração do novo hospital acontece segunda-feira (9), às 19h, no térreo, e inclui a entrega da unidade da Oncologia D’Or, instalada no 9º andar do HCP.

Com a expansão, o Cárdio Pulmonar consolida-se como referência no atendimento de média e alta complexidades. O crescimento da unidade gerou mais de 400 empregos na primeira fase e haverá mais 350 contratações ao final do projeto, em abril 2020. O hospital, que contava com 860 integrantes, terá 1.600, um incremento de 86% nos postos de trabalho.

Após a cerimônia de inauguração, gestores conduzirão os convidados em um tour pelo hospital, passando por unidades de terapia intensiva e semi-intensiva, unidades de internação, emergência e centro cirúrgico.

“Além de significarem nosso compromisso com a constante busca pela qualidade e segurança, as obras reafirmam o perfil de sustentabilidade da instituição, pois foram executadas dentro dos mais modernos critérios de respeito ao meio ambiente”, assegura a diretora-superintendente Iolanda Peltier.

Além da expansão da estrutura física, que salta de 5 mil para 30 mil metros quadrados de área construída e inclui moderno centro cirúrgico com dez salas, nova emergência, unidades de terapia intensiva e semi-intensiva, edifício-garagem com 300 vagas e heliponto, investimentos estão sendo feitos em tecnologia de ponta.

Estrutura

Dos 249 leitos do HCP, 30 estão destinados à terapia intensiva, incluindo UTI clínica, cardíaca e cirúrgica, e 39 às unidades semi-intensivas. A emergência passou a oferecer 46 posições, sendo 32 leitos e 14 poltronas de observação.

O centro cirúrgico reúne dez amplas e modernas salas para intervenções nas mais diversas especialidades, a exemplo da neurocirurgia, oncologia, cardiologia, mastologia, pneumologia e ortopedia, entre outras.

A capacidade de internamento também foi ampliada. São 99 apartamentos individuais e 80 leitos de observação, distribuídos na Emergência e destinados à realização de colonoscopia, preparo para cirurgia, Centro de Recuperação Pós-Anestésica e Unidade de Hemodinâmica. O HCP oferece atendimento integral e integrado e conta com o suporte diagnóstico do Centro Médico, também localizado na Avenida Garibaldi.

“Os apartamentos estão aptos a receber pacientes com obesidade, que necessitam de hemodiálise e portadores de necessidades especiais”, detalha o diretor de Qualidade e Segurança, o cardiologista Eduardo Darzé.

Desde a sua fundação, em 1977, o Hospital Cárdio Pulmonar mantém o compromisso com a excelência, oferecendo cuidado integral aos pacientes e suas famílias.

 

Outros destaques:

  • Rampa de fuga conectando todos os 10 andares
  • Aquecimento de água com energia solar
  • Reaproveitamento de água para vaso sanitário
  • Sistemas de detecção e combate a incêndio
  • 10 elevadores – um dos quais com capacidade para 38 pessoas
  • Emergência com 7 consultórios até a fase final. Jáem funcionamento: 3 de clínica geral, 1 cirurgia, 1 otorrinolaringologia. Próxima etapa: 1 ortopedia, 1 oftalmologia
  • Cinco geradores com autonomia para 7 dias de queda de energia

Principais Equipamentos:

  • Ressonância magnética 1,5T
  • Tomografias computadorizadas 128 canais
  • Gama Câmara (medicina nuclear)
  • Ecocardiografia 3D
  • Ultrassonografia
  • Rx digital

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: