Destruição em Tairu

Moradores do município de Vera Cruz estão apreensivos e preocupados com o fato que vem acontecendo na comunidade de Tairu uma licença ambiental foi concedida pela Prefeitura Municipal de Vera Cruz através da SUCOM para a construção de um empreendimento, porém o que está acontecendo é que a referida empresa segundo os moradores estão destruindo a nascente de um rio e acabando com o local de reprodução de peixes, conforme todas essas informações fica a seguinte pergunta ‘Por que deram a licença ambiental para a construção do referido empreendimento?’, é difícil entender como ainda em pleno século XXI com todas as informações de todas as nascentes, de tudo o que pode acontecer sobre o solo ainda se comete alguns erros desse tipo, porém temos que admitir que erros acontecem e também temos que acreditar que serão solucionados.

A população fica a perguntar ao município a Secretaria de Meio Ambiente e a Superintendência de Ordenamento do Solo elas tem sido atuante, porém o que não se pode deixar é que uma empresa depois de posse de uma licença ambiental cometa um crime como este, segundo informações da população também o helicóptero e viaturas terrestres do IBAMA já estiveram no local coletano imagens e até mesmo peixes mortos no rio, aí fica uma pergunta ‘Por onde anda a Secretaria de Meio Ambiente do município de Vera Cruz, por onde anda a Secretaria de Ordenamento de Solo?’, temos certeza que é atuante, há menos de dois meses foi solucionado um problema de décadas na própria comunidade de Tairu aonde foi derrubado o muro e reaberto a passagem para a população, ‘Por que a mesma medida não é feita com esse empreendimento?’, essa é a pergunta  dos moradores,na realidade não só os moradores de Tairu como também da ilha de Vera Cruz, porque isso aí trata-se de uma situação que abrange toda a ilha estão matando mais uma nascente de rio, estão destruindo mais um berço de reprodução marinha,’Afinal de contas de quem é a responsabilidade por tal atrocidade?’, essa é a pergunta que o senhor José faz e fica ele sem resposta, com a palavra a Secretaria de Meio Ambiente e a Superintendência de Ordenamento do Solo e a gestão municipal de Vera Cruz.

Visão Cidade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: