Campanha ‘Dezembro Vermelho’ inicia mês de combate a Aids em Salvador

No próximo domingo (01), Secretaria Municipal da Saúde (SMS) vai realizar ações no Farol da Barra em alusão aos 33 anos do Dia Mundial de Luta contra a Aids. A atividade será das 15h às 19h, com tenda de serviços como testagem rápida para HIV e sífilis, distribuição do auto teste de HIV para jovens travestis e mulheres trans, além de orientações e atividade educativas.
Durante todo o mês, a SMS promoverá ações de incentivo a prevenção da doença, que este ano, de janeiro a outubro, apresentou 303 novos casos.
“Conseguimos praticamente quadriplicar nossa rede de postos estruturados para testagem do HIV de 33, em 2012, para quase 120 postos de saúde espalhados por toda cidade com a oferta do exame atualmente. O fácil acesso ao diagnóstico garante um melhor resultado do tratamento e, consequentemente, aumenta a qualidade de sobrevida do portador”, explicou Daniela Cardoso, coordenadora do Programa de Controle de DST/Aids do município.
Nos últimos 11 anos, mais de 6 mil pessoas foram acometidas com HIV em Salvador, o que representa 30% dos casos do estado da Bahia. O perfil do soropositivo na capital se apresenta em sua maioria como heterossexual (47%), com idade sexual ativa e reprodutiva, principalmente, na faixa de 20 a 49 anos, representando 83% dos casos notificados. O predomínio é de indivíduos que se declararam como partos (48%).
A estruturação da assistência deflagrada pela atua gestão resultou na redução de 13% no número de óbitos por aids em Salvador em quatro anos. Em dezembro de 2012, a taxa de mortalidade pela doença era de 9 por 100 mil habitantes residentes na cidade. Já em 2017, a taxa caiu para 7,8 óbitos, uma queda de 13% no período.
Rede Municipal – Os soropositivos da capital têm acesso ao tratamento integral em três Serviços de Assistência Especializada: Liberdade, São Francisco (Nazaré) e Marymar Novaes (Dendezeiros). Além de 137 postos de saúde espalhados por toda cidade com a oferta de teste rápido e exame para detecção. Nas unidades especializadas, os pacientes são acompanhados por equipes multidisciplinares formadas por médicos infectologistas, psicólogos, enfermeiros especializados e assistentes sociais, além de receber de forma gratuita todos os medicamentos necessários para o tratamento.
Programação –
2-3-4/12: 
Teste rápido para HIV e sífilis na loja do Esporte Clube Bahia na Arena Fonte Nova das 09h às 16h
05/12:
IV Seminário positHIVamente das 09h às 13h – Associação Baiana de Medicina
Distribuição de preservativos no jogo do Bahia e Vasco às 18h – Arena Fonte Nova
11/12
Inauguração da nova farmácia municipal com dispensação de medicamentos antirretrovirais – Secretaria Municipal da Saúde
16/12
Sessão Solene da Câmara de Vereadores em alusão ao Dia Mundial da Luta contra Aids às 08h30
ASCOM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: