Vera Cruz: professores reclamam de corte no salário

A redação do Site Visão Cidade vem recebendo informações oriundas de professores do município de Vera Cruz sobre o corte de salário sem aviso prévio ,o que causou um grande impacto nas finanças dos mesmos, segundo professores foi de maneira inadequada,no último dia 11 na Câmara de Vereadores a APLB Núcleo-Vera Cruz se reuniu com os seus associados em assembléia com muitas cobranças de todos os presentes.

Cobranças essas feitas ao Secretário de Educação municipal que também participou da assembleia alguns pontos debatidos o secretário explicou a todos sem que fosse aceito pelos presentes, na realidade ficou muito distante entre o que a classe fala e o que o secretário sinaliza.

“Os professores tiveram seus salários reduzidos.

A prefeitura entendeu que a regência de classe, tempo de serviço e as gratificações só deveriam ser pagos em cima do salário base de 20 horas semanais.

Só que esse salário já era pago desde a formação do plano de carreira publicada em 2012”, afirma professores de Vera Cruz.

A redação do site Visão Cidade entrou em contato com a secretaria de educação onde esclarece os fatos.

“Não houve corte de salário o que houve foi adequação da folha pois estávamos pagando a mais ou seja , a regência de classe era paga 20 % e a lei municipal diz que tem que ser 10%. Tudo foi explicado em assembléia ontem”,secretaria.
Professores reclamam, a gestão afirma que não houve corte, com quem esta a verdade?

Visão Cidade

%d blogueiros gostam disto: