Salvador tem a melhor gestão fiscal do Brasil

Salvador é a primeira capital em gestão fiscal do Brasil, de acordo com um estudo realizado pela FIRJAN (Federação das Indústrias do Rio de Janeiro). A capital baiana, que em 2012 ocupava a 23° posição, também foi destaque entre as 4% das cidades brasileiras com desempenho fiscal de excelência. “O excepcional resultado de nossa cidade no ranking da Firjan é uma prova inequívoca do equilíbrio fiscal da administração municipal ”, disse o prefeito ACM Neto.

Os resultados do estudo realizado pela FIRJAN foram divulgados na noite desta quinta-feira (31). “A responsabilidade fiscal permitiu que a nossa gestão transformasse Salvador um um verdadeiro canteiro de obras, que estão transformando a vida das pessoas, principalmente daquelas que mais precisam”, disse o prefeito.

O índice obtido por Salvador, o maior de todas as capitais brasileiras em 2018, foi de 0,8621, para um máximo possível de 1. Este valor não somente representa um crescimento de 69% em relação ao apurado em 2012, como insere a primeira capital do Brasil no seleto grupo de apenas 4% dos municípios que podem alcançar o nível máximo de excelência de gestão fiscal na avaliação da FIRJAN.

Destaca-se ainda mais neste contexto o fato de que o expressivo crescimento de Salvador foi acompanhado por uma queda de 10% no índice médio nacional, o chamado IFGF Brasil, que variou de 0,5079 em 2012 para 0,4555 em 2018.

“Este resultado reflete o compromisso da atual gestão municipal, desde o primeiro dia do seu mandato, com o equilíbrio das contas públicas e a responsabilidade fiscal como condição básica e regra de ouro para a boa governança do município, o que se comprova claramente com o notável crescimento deste índice em Salvador, ano após ano, a partir de 2013.”, disse o secretário da Fazenda, Paulo Souto.

FOTO:Visão Cidade

SECOM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: