Educação falida, porém rica

A educação tem sido uma pasta dos governos federal, estadual e municipal que mais tem sofrido com cortês e com falta de reajuste, dentre outas situações, vira e mexe é visto por parte dos gestores estaduais, municipais e o governo federal cortes na educação, ‘Como se a educação tivesse dinheiro saindo pelo ralo’, como se diz por aí.

Nós últimos dias tem se visto é coisa cortes bastante acentuado na pasta da educação, por outro até mesmo redução de salários em alguns municípios, muitas vezes seguidos de demissões e até mesmos a redução da carga horária de 40 para 20 horas, sem falar nas péssimas condições de trabalho, em sua maioria em condições sub humanas tanto para o corpo docente, funcionários e alunos, chega ao ponto de não ter cadeira para os alunos sentar, ‘Eta Brasilzão cheio de coisa e causo que contado não dá para acreditar’.

Lembrando que tem gente que fala que a educação é para todos.

Visão Cidade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: