Eta roça boa de viver

“Aqui na roça as coisas estão indo de vento em polpa como diz o povo que anda lá pela capital,pois bem tudo aqui está ficando da pontinha da orelha, tudo bonito, tudo arrumado, tudo asfaltado, as praças tudo bonita, tudo com árvore, tá uma coisa de primeira qualidade, nada dizer contra, tem que ser assim trabalho para o povo, ainda não chegou mas vai chegar aqui na roça, não falta nada é uma fartura sem fim, nós aqui da roça sabe que tudo precisa de um tempo com ordem e decência.

O povo daqui da roça tem umas coisas, o que é a coisa mais rara que não dá certo quando o povo diz, ‘Não jogo pedra no telhado dos outros, porque o meu é de vidro’, ‘Em terra de cego quem tem um olho é caolho’, ‘Manda quem pode, obedece quem tem juízo’, ‘Beijo de jegue nunca foi arroz doce’, ‘Muita fumaça e pouco fogo’, ‘É melhor alimentar um burro a pão-de-ló do que certas pessoas com farinha’ e por aí vai, tem tanta coisa que o povo fala que é a mais pura realidade, agora aqui na roça o povo tá preocupada com o futuro de lá da nova política que vai acontecer no ano de 2020, tem uma parte do povo o que é até uma maioria fala em mudar lá, o que eles chamam lá de Casa do Povo a Câmara de Vereador, aqui não é muito não, mas o povo diz que só um ou dois é que mais trabalha pelo povo daqui da roça ou disse que trabalha isso é o povo que fala.

A pois a roça está muito atenta a tudo, a política, a obra, a saúde, a educação, a transformação da tal Casa do Povo e muito mais, agora é só esperar por que o povo da roça vivi na roça, mas não bota a carroça na frente do boi.”

Visão Cidade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: