A ponte Salvador x Itaparica e as desapropriações

Propaganda

Com algumas formalidades concluídas para construção da ponte Salvador x Itaparica no que se refere as prováveis desapropriações a serem realizadas pelo governo do estado ao longo da BA-001 onde se concentra uma grande parte do comércio produtivo da Ilha de Itaparica principalmente no município de Vera Cruz ,com as desapropriações serão diversos empreendimentos, empresas de grande, médio e pequeno porte serão retiradas, duas áreas por conta da desapropriação do governo do estado, porém não se pode acreditar que toda essa situação não terá uma contrapartida para todas essas empresas, pois o que é visto é a contramão da situação e o agravamento na falta de geração de emprego e renda no município.

Muitos empresários estão se mobilizando para chegar até o governo na esperança para que possa ser revisto toda essa estrutura e uma maneira de pagamento das desapropriações a serem realizadas, muitas dessas casas foram edificados a pouco tempo e muitas delas estão exercendo suas atividades normalmente gerando emprego e renda,  todos empresários e funcionários acreditam que o governo do estado deve reavaliar, aliás tudo isso faz parte de um conjunto para a construção da ponte que hoje é meta do governo do estado, por outro lado as gestões municipais de Vera Cruz e Itaparica vem trabalhando em cooperação com a chegada da ponte para a Ilha de Itaparica, sem falar também em diversas audiências públicas onde os vereadores dos municípios também estiveram presentes levando as suas opiniões e buscando o melhor para ambos municípios, a sociedade civil também esteve presente em diversas dessas audiências públicas, na realidade hoje se discute nos municípios os PDDU para a sua atualização e readequar o município para chegada desta ponte que diga-se de passagem não é para melhorar o futuro dos municípios e sim com o objetivo de ligar e dá uma nova opção de mais uma entrada e saída para a capital baiana, onde a entrada pela BR 324 está obsoleta e sobrecarregada sem a mínima condição de mobilidade.

Com a palavra os governantes ,pois os anseios de uma comunidade como a Ilha de Itaparica hoje com uma média de 90 mil habitantes tem uma perspectiva de quadruplicar este número em três anos e com tudo isso sem a mínima infraestrutura, para tal fato a população de Vera Cruz e Itaparica, os deputados federais e estaduais que nela tiveram seus votos na última eleição e que o governo do estado não continue sendo ‘madrasta e padrasto’ de uma região que poderia ser transformada em um grande polo turístico do Estado da Bahia.

Visão Cidade

3 comentários em “A ponte Salvador x Itaparica e as desapropriações

  • 14 de junho de 2019 em 07:55
    Permalink

    A ilha de itaparica pode ser um polo turístico sem ponte o q vai acontecer na ilha com a ponte é virar uma grande favela com muitas invasão de terras e construções desordenadas sem falar de poluição das praias e o desmatamento de áreas verde.

    Resposta
  • 17 de junho de 2019 em 20:14
    Permalink

    Essa ponte tem que sai urgente com sistema ferry lixo pra nós moradores da Ilha que faz faculdade trabalha fora sabe o transtorno que é sabe vc chegar às 23 horas na rodoviária de bom despacho não achar transporte pra Itaparica já pensou vc em 5 minutos está do outro lado e a violência já tomou conta da cidade independente de ponte ou não quando o progresso chega lógico que vem a malandragem vcs só pensam em vcs pensem no futuro de não ter que fica dentro de um ferry lixo uma hora e meia de travessia sendo que com a ponte seria de 10 minutos

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: