Novo mercado municipal vai proporcionar mais qualidade de vida a São Cristóvão



Ainda este ano de 2019, o bairro de São Cristóvão, conhecido pela forte comércio – principalmente o ambulante – existente no local, terá um ambiente mais ordenado e confortável para trabalhadores e frequentadores. O primeiro Mercado Municipal da localidade começou a ser construído pela Prefeitura nesta sexta-feira (3), após a ordem de serviço para início imediato das obras ser assinada no local pelo prefeito ACM Neto. Estiveram presentes na ocasião o vice-prefeito e secretário municipal de Infraestrutura e Obras Públicas (Seinfra), Bruno Reis; do titular de Ordem Pública (Semop), Felipe Lucas; e da presidente da Fundação Mário Leal Ferreira (FMLF), Tânia Scofield, além de outras autoridades, lideranças e população.

Com previsão de conclusão em cinco meses, o Mercado Municipal de São Cristóvão vai funcionar na Avenida Aliomar Baleeiro, próximo ao Salvador Norte Shopping. O investimento é de, aproximadamente, R$2,3 milhões, com recursos próprios. O projeto foi desenvolvido pela FMLF, com supervisão da Seinfra, por meio da Superintendência de Obras Públicas (Sucop), e posterior administração do espaço pela Semop.

Para o prefeito, a iniciativa foi fruto de “teimosia” e de compromisso em dar mais qualidade de vida a quem reside, trabalha e frequenta o bairro. “A Prefeitura já vinha querendo fazer esse mercado há muito tempo. Havia uma luta por esse terreno, que foi objeto de disputa judicial e, finalmente, foi dada a liberação para continuar com a implantação. Ele vai ser fundamental para São Cristóvão, pois, na via principal, há um aglomerado muito grande de ambulantes e feirantes, pais e mães de família que têm direito a trabalhar, mas que acabam trazendo muito transtorno com relação à mobilidade, pois atuam nas calçadas e há disputa de espaço com pessoas, carros e ônibus”, relatou ACM Neto.

Moradora e comerciante informal do bairro há 15 anos, Dilma Santos contou que, há tempos, ela desejava um local mais confortável para trabalhar. “O bairro precisava ter mais ordenamento, as pessoas terem mais espaço para circular, o trânsito fluir melhor e os comerciantes trabalharem em um local mais adequado, com higiene. O projeto é bom e espero que se reverta também em boas vendas pra gente”, afirmou esperançosa.

“É uma grande honra ter uma obra tão esperada pelo bairro. São Cristóvão vai ficar arrumado, bonitinho, mais organizado, merecia uma organização como essa. Vai mudar bastante o bairro, é um grande sonho que será realizado”, declarou a baiana de acarajé Sandra Nascimento, que possui um ponto próximo ao futuro mercado.

Estrutura – O Mercado Municipal de São Cristóvão ocupará uma área de 1.140m² para abrigar 56 estações de hortifruti, quatro açougues e área verde. A iniciativa tem como intuito relocar e abrigar os trabalhadores informais que atuam nas calçadas do bairro, o que vai melhorar tanto o ordenamento quanto as condições de trabalho, infraestrutura, conforto e segurança aos comerciantes e aos moradores da comunidade e bairros vizinhos como Parque São Cristóvão, Mussurunga, Jardim das Margaridas e Itapuã.

O projeto foi desenvolvido de modo a aproveitar ao máximo a situação e condição topográfica do terreno, para promover funcionalidade e facilidade de deslocamento por toda a extensão do imóvel. Haverá ventilação natural através de espaços abertos e grandes aberturas presentes na cobertura, assim como iluminação natural e conforto visual através das áreas verdes.

Outros mercados – Desde 2013, a Prefeitura já entregou nove mercados e feiras construídos ou requalificados. A lista envolve os mercados da Liberdade, das Flores, 2 de Julho, Periperi, Itapuã e de Água de Meninos, além das feiras de Cosme de Farias e Castelo Branco e o camelódromo da Baixa dos Sapateiros.

Entregue em 2015, o Mercado de Cajazeiras, que sofreu incêndio em 2017, está em estágio final de conclusão das obras de recuperação e requalificação. Está em requalificação, iniciada este ano, o Mercado Municipal São Miguel, na Baixa dos Sapateiros. O Mercado Municipal de Jardim Cruzeiro, também inédito no bairro, deverá ser entregue ainda este mês de maio.

SECOM 



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: