Como o Facebook usa seu número de telefone – e o que fazer para evitar



Quando você entra no Facebook por um dispositivo que não é o usual, a rede social pede um número de telefone e argumenta que é para garantir sua segurança.

Mas também utiliza a informação para outros fins que nada têm a ver com a proteção de seus usuários.

E isso preocupa muita gente, que considera a conduta invasão de privacidade.

O executivo Jeremy Burge, fundador da Emojipedia, é um deles.O empresário publicou uma série de tuítes nos últimos dias chamando atenção para o tema:

“Durante anos, o Facebook alegou que adicionar um número de telefone para a A2F (autenticação de dois fatores ou em duas etapas, que exige um código adicional à senha) era apenas uma questão de segurança. Agora (esse número) pode ser pesquisado e não há como desativar isso”, diz o historiador e empresário, que também é vice-presidente do Subcomitê de Emojis da Unicode.

Isso quer dizer que quando você fornece seu número de telefone para reforçar a segurança da conta, não pode garantir que a informação seja usada apenas para esse fim.

Um porta-voz do Facebook disse a vários canais de tecnologia e à rede de televisão americana CNN que a configuração não é nova – e nunca houve uma maneira de cadastrar um número de telefone apenas para a autenticação de dois fatores.

Burge reclama que a rede social pede o número com a desculpa de tornar a conta mais segura e que, uma vez que a informação é fornecida, o usuário não pode escolher que se use o número para encontrá-lo.

Na seção de configurações, a plataforma pergunta: “Quem pode procurar você usando o número de telefone fornecido?” E oferece as seguintes opções:

– Todos (configuração padrão)

– Amigos de amigos

– Amigos

Não apresenta alternativas como “somente eu” ou “ninguém”, por exemplo.

Neste caso, a configuração que ofereceria mais privacidade seria “Amigos”.

Para alterar, você deve acessar:

Pelo celular – Configurações e Privacidade => Configurações => Configurações de Privacidade

Pelo computador – Configurações => Privacidade

Página do Facebook

‘Conecte-se com seus amigos’

Em sua página de ajuda, o Facebook tem uma seção na qual explica por que solicita que você adicione o número de celular à conta.

A rede social aponta três “vantagens” de fazer isso:

– Ajuda a manter sua conta segura;

– Ajuda você a se conectar com seus amigos e familiares com mais facilidade no Facebook;

– Simplifica a recuperação de acesso à conta caso você não consiga efetuar login.

“O número só será adicionado à sua conta se você optar por adicioná-lo e confirmá-lo”, diz o Facebook.

Os responsáveis ​​pela plataforma também explicam que “você pode controlar quem vê o seu número de telefone”.

Para fazer isso, você deve seguir o caminho abaixo:

Pelo celular – Configurações e privacidade => Configuração => Informações Pessoais =>Número de Telefone

Pelo computador – Configurações => Acessar suas informações => Informações do Perfil => Suas informações de Contato => Telefones celulares

Nesta seção, você pode escolher com quem quer compartilhar seu número (“somente eu” aparece como uma das opções).

No entanto, como explica Zack Whittaker, editor de segurança do site de notícias de tecnologia TechCrunch, “embora os usuários possam ocultar o número de seus celulares em seus perfis para que ninguém veja, ainda é possível ‘buscar’ perfis de usuários de outras maneiras.”

O jornalista diz que, de acordo com o site de ajuda do Facebook, isso acontece, por exemplo, “quando alguém faz upload da sua agenda de contato do celular para o Facebook”.

Ele destaca que não há como esconder completamente o seu número na rede social e que isso preocupa vários especialistas em segurança.

‘Experiência personalizada’

Na página de Política de Dados do Facebook, a rede social declara que também usa números de telefone celular (e recursos do dispositivo) para anúncios personalizados.

“Coletamos informações de computadores, telefones, TVs conectadas e outros dispositivos conectados à web que você usa e que se integram a nossos produtos, e combinamos essas informações dos diferentes dispositivos que você usa”, diz o Facebook.

“Por exemplo, usamos as informações coletadas sobre seu uso de nossos produtos em seu telefone para personalizar melhor o conteúdo (inclusive anúncios) ou os recursos que você vê quando usa nossos produtos em outro dispositivo, como seu laptop ou tablet”, acrescenta.

A rede social argumenta que vincula essa informação “para proporcionar uma experiência mais personalizada e uniforme”.

“Por exemplo, podemos sugerir que você participe de em um grupo no Facebook que inclui pessoas que você segue no Instagram ou com as quais você se comunica usando o Messenger. Também podemos tornar a sua experiência mais integrada, por exemplo, preenchendo automaticamente suas informações de registro (como seu número de telefone) a partir de um produto do Facebook quando você se cadastrar para criar uma conta em um produto diferente.”

“Encontre seus clientes atuais e potenciais no Facebook”, sugere a rede social em seu site destinado a empresas que usam o Facebook.

“Use os dados do sistema CRM ou de listas de contatos de clientes (como números de telefone ou endereços de e-mail) para se conectar com clientes e contatos no Facebook”, completa.

línea

Como remover o telefone

Para remover seu número de telefone do Facebook, você deve seguir os passos abaixo:

Pelo celular

Configurações e privacidade => Configuração => Informações Pessoais =>Número de Telefone

Escolha, então, “remover”.

Pelo computador

Configurações => Acessar suas informações => Informações do Perfil => Suas informações de Contato => Telefones celulares

Clique na opção “editar” e, em seguida, “remover”.

Escândalos de violação de privacidade

No ano passado, o Facebook foi alvo de uma série de escândalos de violação de privacidade – como a revelação do uso sem consentimento de informações privadas de cerca de 87 milhões de usuários pela Cambridge Analytica, empresa americana de análise de dados, para fins políticos.

A empresa também informou a correção de um bug que levou à exposição de fotos privadas de 6,8 milhões de usuários, poucos meses depois de ter descoberto uma falha que comprometeu a segurança de quase 50 milhões de perfis.(BBC)



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: