Lojas dos shoppings não vão abrir no domingo(3)



As lojas dos shoppings de Salvador não vão abrir no domingo (3), devido ao impasse entre patrões e categoria que permanece desde 2018. Apesar do fechamento das lojas, áreas de lazer, praças de alimentação e cinemas dos centro de compras vão funcionar normalmente.

O Sindicato dos Comerciários, que representa do trabalhadores, diz que no ano passado não houve acordo sobre a convenção coletiva que define, entre outras coisas, o funcionamento dos shoppings aos domingos. Já o Sindicato dos Lojistas (Sindilojas), que representa os patrões, conta que não há pauta para que haja um acordo.

O presidente do Sindicato dos Comerciários, Jaelson Dourado, explicou o motivo do fechamento das lojas no primeiro domingo do mês de fevereiro.

“Uma lei municipal determina que nos meses de dezembro, janeiro e junho temos de abrir todos os domingos. Já os outros domingos têm de ser negociados e até então não conseguimos entrar em nenhum acordo”, contou.

O presidente do Sindilojas, Paulo Mota, disse que os comerciários devem apresentar uma pauta para que possa ser avaliado um acordo. “A proibição é referente a forma de trabalho e não a loja. Agora o que a gente precisa é entrar em um acordo”, disse.

Enquanto o impasse continue, os shoppings informaram por meio de nota que acompanham as negociações da convenção coletiva entre lojistas e comerciários, além disso, aguardam a nova determinação do Tribunal Regional do Trabalho (TRT).

Caso

Os acordos entre empresas e empregados para definir funcionamento de lojas de rua e de shoppings de Salvador passaram a ocorrer depois que a Justiça do Trabalho de Salvador proibiu que os funcionários fossem obrigados a trabalhar no dia da votação do primeiro turno das eleições, em 7 de outubro de 2018. As lojas dos shoppings da capital baiana ficaram fechadas na ocasião.

O juiz estipulou uma multa de R$ 1 mil por cada empregado que comparecesse no local de trabalho, revertida em favor do Sindicato dos Empregados no Comércio da Cidade do Salvador.

De acordo com a justiça, a questão chegou à 18ª Vara por meio de ação movida pelo Sindicato dos Empregados contra o Sindicato dos Lojistas do Comércio do Estado da Bahia e a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado da Bahia.

No dia 18 de outubro, houve um acordo, e as lojas de Salvador, incluindo as dos shoppings, voltaram a funcionar aos domingos e feriados. O acordo valeu até o dia 18 de novembro de 2018.

Já no dia 23 de novembro, um acordo parcial entre empresários e comerciários, foi realizado no Centro de Conciliação do Tribunal Regional do Trabalho da Bahia (Cejusc/TRT5-BA) e permitia o funcionamento de lojas de rua e shoppings de Salvador nos domingos e feriados até o dia 10 de dezembro.(G1)

Shopping da Bahia

O shopping estará aberto com funcionamento apenas das operações de alimentação e lazer das 12h às 21h.
Lojas e quiosques – fechados

Shopping Barra

Praça de Alimentação e espaços de lazer – das 12h às 21h
Barra Gourmet, Madero e Mamma Jamma – a partir das 12h
Salas de cinemas – horários independentes



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: