Jornada Pedagógica inicia ano letivo da rede municipal nesta segunda (4)

Os professores, coordenadores pedagógicos e equipes gestoras da Secretaria Municipal de Educação (Smed) vão estar reunidos na Jornada Pedagógica, com abertura a ser realizada nesta segunda-feira (4), às 8h, no Hotel Fiesta, no Itaigara. A cerimônia contará com as presenças do prefeito ACM Neto e do secretário da Smed, Bruno Barral, dentre outras autoridades.

O tema deste ano é “Gestão para resultados: trilhando caminhos na busca de soluções educacionais”, com palestra a ser ministrada pelo conferencista e escritor Kau Mascarenhas. Durante dois dias, os profissionais estarão reunidos nas unidades escolares para avaliar o ano de 2018 e projetar metas para 2019, sempre com foco no desempenho e rendimento dos alunos.

Para o secretário Bruno Barral, a Jornada Pedagógica é de grande importância para a Educação por se tratar de um momento de reunião dos profissionais para discutir, refletir e trocar ideias e práticas a serem implementadas durante todo o ano letivo. “É uma ocasião própria para a construção de estratégias, de planejamento e de traçar metas para fortalecer o desenvolvimento da aprendizagem através de práticas educativas com foco no aluno”, pontua o titular da Smed.

Aulas – As aulas da rede municipal de ensino começam na quarta-feira (6), nas 434 escolas da capital. Na ocasião, os alunos começarão a receber os livros do Programa Nossa Rede. Ao todo, serão 200 dias de aula até o dia 20 de dezembro. Entre os dias 28 de fevereiro e 10 de março, haverá um pequeno recesso para o Carnaval, com retorno no dia 11 de março.

Até o momento, 140.200 pessoas foram matriculadas nas séries que compreendem do grupo I ao 9º ano, além da modalidade de Educação de Jovens e Adultos (EJA). A rede tem capacidade para 142.600 alunos. A matrícula descentralizada (feita em qualquer unidade escolar) ocorreu no período de 2 a 21 de janeiro, mas a qualquer momento ainda é possível solicitar o ingresso na escola de interesse, principalmente para os casos especiais, a exemplo da necessidade de mudança de bairro ou de transferência escolar.

“Estamos tendo todo o cuidado para começar o ano com as condições necessárias para que o processo de ensino e aprendizagem ocorra com tranquilidade. Salvador vem melhorando muito nos resultados educacionais e a perspectiva é de avançar ainda mais”, afirma a diretora pedagógica da Smed, Joelice Braga.

SECOM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: