Saúde: Estado e municípios agonizam

Propaganda

saúde tem deixado o povo em ‘maus lençóis’, está completamente fora de sintonia, são várias reclamações desde o simples atendimento do servidor na área administrativa como na hora das marcações de consultas ou a procura de marcação para exames por aqueles que vão aos postos de saúde ou hospitais públicos,onde na sua maioria quem vai em busca dos serviços não vê quem esta do outro lado do vidro no balção de atendimento, pois eles são filmados para que não sejam vistos e serem identificados.
Pois isso é ainda o mínimo, pois pelos interiores deste Brasil a coisa ainda e muito pior não há saúde para todos, o que são vistos vai além da imaginação do ser humano uma falta de respeito geral,não tem médico porque eles não querem ganhar pouco muitos se formam e universidade pública, porém não querem fazer o atendimento ao público, desculpa a redundância,posterior a isso vem a falta de investimentos do município, estado e governo federal,o Brasil tem o melhor plano de saúde do mundo é verdade o SUS, porém é muito mal administrado e todos sabemos disso.
Faltam hospitais na maioria dos municípios brasileiro o que na verdade o estado se omite em construir, na capital baiana tem dois hospitais do governo do estado, um federal e um municipal recentemente construído, onde recebe além da sua demanda gente regulada dos outros 416 municípios existentes na Bahia, além da alta complexidade, não tem atenção básica, não tem investimentos nos interiores,exemplo de hemodiálise, tomógrafos, mamógrafos, dentre outros,nestes locais não existe se quer banco de sangue, as UPAs deixando a desejar como é visto, ambulâncias do SAMU paradas por falta de peças tão simples como uma lâmpada queimada, agora está na moda os consórcios intermunicipais de saúde coisas copiada do primeiro mundo, onde todos tem a oferecer aqui é o contrário vão para onde, tem de onde tirar.
O bom disso tudo é se os governos estaduais
, federal e municipais investissem em atenção básica de saúde, pois na realidade ela não existe, tão somente os guerreiros dos agentes de saúde ficam a sol e chuva visitando a população para fazerem relatórios que não levam a solução alguma.


Visão Cidade



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: