Taxistas cobram regulamentação do transporte por aplicativo

Três representantes da Associação Geral dos Taxistas (AGT) participaram da Tribuna Popular da Câmara, na tarde de segunda-feira (5). Nas galerias, dezenas de taxistas exibiam cartazes cobrando a aprovação do Projeto de Lei nº 258/18, que tramita na Casa Legislativa e versa sobre a regulamentação do transporte por aplicativo em Salvador.

O primeiro a defender a reivindicação dos taxistas foi Gilberto Silva. Para o taxista, a categoria sofre com o excesso de impostos, enquanto que empresas como Uber e 99 Pop não pagam nada ao Município. “Para onde vai o dinheiro dessas empresas?”, questionou.

A matéria do Executivo tramita na Comissão de Constituição Justiça e Redação Final (CCJ), sob a relatoria da vereadora Lorena Brandão (PSC).

“Não somos contra o serviço por aplicativo, mas à forma que estão trabalhando. Nós taxistas pagamos impostos, somos cobrados diariamente. Tenho certeza que esta Casa será sensível e vai analisar isso. Confio nos vereadores e sei que a Casa será democrática”, ponderou o associado Ademilton Paim.

O último a fazer uso da palavra em defesa dos taxistas foi Vicente Barreto. Em tom inflamado, disse também não ser contra as empresas que oferecem serviços por meio de aplicativos, mas condenou os que classificou como “oportunistas”. “Queremos a regulamentação e o cumprimento da lei”, bradou, aplaudido pelos taxistas nas galerias.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: