FITA: Segunda edição em Itaparica

O município de Itaparica através da Secretária de Cultura e prefeitura municipal esta realizando a segunda edição do festival onde reunirá várias ações que desenvolve a cultura da região, o festival é uma referência para elevar a auto-estima dos itaparicanos porque os organizadores buscam o melhor da cultura para oferecer a todos aqueles que visitam o festival.

O sociólogo Zéu Barbosa trata com propriedade o que é o Festival FITA.

‘O FITA é um Festival como os Festivais de Santo Amaro da Purificação e de Cachoeira, por exemplos, que apresentam atrações com repertório refinado ou de qualidade, tanto em se tratando de música, literatura, poesia, contos e artes em geral, como produções voltadas para a valorização da cultura local.
O FITA anda na contra-mão do pagodão baiano, buscando um público diferenciado e focado na movimentação de outros chacras: os que nos fazem pensar, refletir, elevar alma e espírito a dimensões de amplitude superiores. Porque a música faz isso: umas mexem com as “cadeiras”; outras, com a mente; e outras com o espírito.
Assim, municípios que implantam este tipo de Festival elevam seu território à condição de cidade procurada por turistas e visitantes, além de artistas.
Concomitantemente, o FITA cria condições para que Empreendedores locais participem diretamente da economia do lugar, ocupando-se e auferindo rendas com a sua produção.
O FITA é um dos projetos da Gestão Marlylda Barbuda para integrar as atividades laborais e produtivas, com a finalidade de melhorar o PIB municipal e, consequentemente, a Renda Per capita de Itaparica-BA.
O FITA é muito mais que um simples Festival.
O FITA é um evento anual em que Gente atrai Gente para Cuidar de Gente, na perspectiva do lazer e do entretenimento.’

Zéu Barbosa



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: