Edital da ponte Salvador-Itaparica deverá sair em dezembro

Propaganda

O alinhamento de informações sobre a licitação da construção da ponte Salvador–Itaparica e o avanço do projeto da obra foram temas da pauta de reunião realizada nesta segunda-feira (15) entre o governador Rui Costa e uma comitiva das empresas China Railway Construction Corporation (CRCC) e China Railway 20 Bureau Group Co (CR20), nesta segunda-feira (15). O encontro ocorreu na sede da Governadoria, no Centro Administrativo, em Salvador, e foi acompanhado pelo vice-governador João Leão e os secretários estaduais da Casa Civil e de Infraestrutura, Bruno Dauster e Marcus Cavalcanti, respectivamente. Com 12,4 quilômetros de extensão, a ponte está orçada em R$ 6,1 bilhões.

Na reunião, a empresa chinesa apresentou os grandes empreendimentos de infraestrutura viária realizados pela corporação na China e na Arábia Saudita. O governador afirmou que a expectativa é de que o edital de licitação para o projeto da obra seja publicado até o final de dezembro deste ano. “Estivemos reunidos com uma comitiva da maior empresa da China, que está na Bahia há quatro dias. Eles vieram em busca de informações sobre a publicação do edital e os informei que nos próximos dias iremos publicar a consulta pública, que, de acordo com a legislação brasileira, deve ficar disponível para conhecimento de todos durante 30 dias”, explicou Rui.

O governador Rui Costa solicitou que os empresários chineses registrassem por escrito todas as propostas finais de alteração do edital durante a fase de consulta pública. “Os empresários chineses irão sinalizar as alterações que julgarem cabíveis no projeto físico e na proposta econômico-financeira. A partir daí, serão reunidas as contribuições das diversas empresas para montar o edital final que irá a leilão.(A Tarde)



Um comentário em “Edital da ponte Salvador-Itaparica deverá sair em dezembro

  • 16 de outubro de 2018 em 19:00
    Permalink

    Quando a ponte vai ficar realidade….
    Já vai durar anos para construir. O ponte já precisa ser feito com, no mínimo, 4 faixas com espaço para fazer mais 2 faixas. Também precisa uma faixa dupla para o trem ou metro no futuro.
    Mas antes a ponte é realizada já precisam fazer a infra-estrutura.
    Dentre Salvador em cima da Feira de São Joaquim….. A feira vai ficar aonde?
    Na ilha precisa um novo ponte do Funil com, no mínimo, 4 faixas. Também com no futuro para fazer 2 extra faixas e 2 faixas para o futuro trem ou metro.
    Da chegada na ilha (Buraco do Boi) para St Antonio de Jesus e passando na Nazaré, precisa construir uma auto-estrada com, no mínimo, 4 faixas. E também espaço para fazer 2 extra faixas e 2 faixas para o futuro trem ou metro.
    Agora só falando da ilha. Esse auto-estrada vai dividir a ilha em 2 partes e vai precisar muito espaço. Esse espaço agora esta ocupado por muitas casas e comércios. Quem esta perto precisa sair. A auto-estrada vai isolar completamente a parte beira-mar e a parte no outro lado. Ou precisam fazer túneis e/ou viadutos, etc. para fazer acessibilidade para todos povoados etc.
    Pode resolver isso com uma pista ”paralela” nos 2 lados da auto-estrada, só com alguns ”passagens”. E muitas passarelas para pedestres. Mas vai ocupar muito mais espaço ainda.
    Por causa da aproximação das povoados/casas/etc. precisam construir uma proteção para evitar o excesso de barulho do transito e para evitar os pedestres vão tentar passar a auto-estrada ”rapidinho” (você não precisa muita fantasia p imaginar o que acontece).
    E pensa da poluição….. nem preciso explicar.
    Vai trazer prosperidade para ilha? Eu acho que não
    Vai dar empregos para nativos? Acho talvez temporário durante construção.
    Vai ter mais comércios? Acho que não, porque o espaço na ilha vai ficar muito isolado. Só mais mercadinhos e lojas materiais de construção etc. (com empregados ‘’da família’’) para encher a ilha com casas dentro do (protegido !!!) mata atlântico.
    Vão pensar de meio ambiente? Eu acho que não. Eu acho a natureza da ilha vai sumir rapidinho para construir favelas para ”aliviar” Salvador, que precisa mais espaço para crescer (já teve políticos falando isso!).
    Agora só estou ouvindo idéias para diminuir os custos, então vai ser uma merda sem pensar do futuro, nosso futuro e o futuro das nossas crianças.
    Melhor eles procuram outro caminho para essa ponte, mais direto e sem matar a ilha. Vai custar extra, mas vão ganhar de volta em duplo no futuro.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: