Bahia vence o Paraná e se afasta do Z4

Propaganda

Um jogo nervoso e que se encaminhava para um indigesto empate sem gols com o lanterna. No entanto, Vinícius saiu do banco de reservas para resolver a partida. Com um gol de falta aos 39 do segundo tempo e outro aos 44, o meia garantiu o triunfo do Bahia por 2×0 sobre o Paraná, em Pituaçu, neste sábado (13) à noite, e interrompeu o jejum de cinco jogos sem vencer na Série A.

O resultado leva o Bahia a 34 pontos, num salto momentâneo da 14ª para a 12ª posição. São quatro pontos à frente do Ceará, que abre a zona de rebaixamento.

Apesar da situação do Paraná na tabela, o jogo foi mais sofrido do que o torcedor gostaria. A empolgação inicial em Pituaçu se transformou em aflição nos primeiros minutos de partida, quando o Bahia errava muito e permitia contra-ataques perigosos.

Foi assim que, aos 15 minutos, Deivid tabelou com Alex Santana e saiu de cara com Douglas, mas chutou em cima do goleiro tricolor.

A partir dos 20 minutos, a equipe de Enderson Moreira conseguiu se acalmar e criar oportunidades em sequência. Em jogada pela esquerda, Léo colocou na cabeça de Ramires, que caprichou demais ao tentar deslocar Richard e mandou para fora.

O garoto de 18 anos chamava a responsabilidade e, em grande jogada, tabelou com Gregore e serviu Zé Rafael, que chegou concluindo de primeira e errou o alvo. Antes do fim do primeiro tempo, Ramires quase marcou um gol olímpico, evitado pelo goleiro Richard.

O Bahia voltou do intervalo decidido a vencer a partida. Logo aos dois minutos, Bruno cruzou e Zé Rafael cabeceou no canto direito de Richard, que espalmou para fora.

A pressão era grande. Foram três escanteios em sequência e o Paraná se segurando de todas as maneiras. Aos 13 minutos, na base da insistência, Ramires conseguiu um passe de carrinho dentro da área para Zé Rafael, que chegou chutando e o goleiro abafou e salvou. A cada ataque tricolor, o goleiro adversário caía na área fazendo cera.

O camisa 10, inclusive, foi vaiado por alguns torcedores por prender demais a bola e acabou substituído aos 35 minutos para a entrada de Edigar Junio. Mas a mudança que resolveu foi outra.

Vinícius, que havia entrado na vaga de Bruno aos 23, teve em seus pés a chance em cobrança de falta aos 39 minutos e não desperdiçou. Com muita categoria, o camisa 29 congelou o goleiro Richard e finalmente abriu o placar.

Não satisfeito, Vinícius ainda marcou mais um, aos 44, aproveitando sobra de bola na área e fuzilando a rede.

O Bahia volta a campo no próximo sábado (20), às 16h, contra o Botafogo, no Rio de Janeiro. Praticamente rebaixado, o Paraná receberá o Flamengo no dia seguinte. (Correio)



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: