Saiba onde doar leite materno em seu estado

Propaganda

Amamentar é um ato fundamental para garantir a saúde dos recém-nascidos. O leite materno funciona como uma vacina que protege a criança de doenças tais como diarreia, infecções respiratórias e alergias, e diminui o risco de hipertensão, colesterol alto, diabetes e obesidade durante a infância até a fase adulta.

Para recém-nascidos de baixo peso, especialmente os bebês internados em unidades neonatais, o alimento é ainda mais essencial. “O leite materno é um aliado incontestável na melhora da sobrevida do recém-nascido prematuro. O mesmo ajuda no desenvolvimento, fortalece o sistema imunológico e estabelece o vínculo entre mãe e filho. É um alimento que contém fatores que facilitam o desenvolvimento do trato gastrointestinal, que auxiliam na proteção contra infecção”, explicou a neonatologista Rita de Fátima Pinto.

Em alguns casos, mulheres que dão à luz não conseguem amamentar. É quando a doação de leite materno de outras mães por meio de bancos de leite é essencial para garantir que o bebê tenha o alimento mais completo para se recuperar.

Rede de apoio nacional

Todos os anos, aproximadamente 150 mil litros de leite humano são coletados, processados e distribuídos a recém-nascidos de todo o Brasil. Garantir que o leite doado continue chegando a todos os bebês que precisam depende tanto da solidariedade das mães doadoras quanto de uma estrutura eficiente e capilarizada para receber as doações e atender à demanda dos hospitais.

Parte da Política Nacional de Aleitamento Materno, a Rede Brasileira de Bancos de Leite Humano (rBLH-BR) possui mais de 200 Bancos de Leite Humano distribuídos em todos os estados do território nacional, alguns com o oferecimento de coleta domiciliar. A rBLH-BR conta ainda com mais de 300 Postos de Coleta (PCs) de leite humano.

Quero doar

Quem estiver amamentado e quiser doar basta procurar o banco de leite materno mais próximo (verificar lista abaixo) ou ligar para o Disque Saúde, no número 136. Não existe quantidade mínima para fazer a doação.

Armazenamento

A mãe deve escolher um frasco de vidro incolor com tampa plástica, lavar bem com água e sabão (fervendo depois a tampa e o frasco) e deixar escorrer sobre um pano limpo. Lembre-se de identificar o recipiente com seu nome, data e hora da coleta. Antes do procedimento, é importante cobrir os cabelos, usar máscara sobre o nariz e a boca, lavar bem as mãos e os braços. As mamas devem ser lavadas apenas com água e, em seguida, secadas com toalha limpa.

Qualidade

Todo material coletado nos bancos de leite passa por um rigoroso controle de qualidade antes de ser distribuído, e é fornecido de acordo com as necessidades de cada criança.

Onde encontrar um banco de leite

A Rede Global de Bancos de Leite Humano mantém atualizada a lista de unidades de recolhimento em cada estado. Para conferir é só clicar abaixo. Caso queira outras opções em cada unidade da federação clique aqui e preencha a busca.

Bahia

Agosto dourado

Em 2017, foi sancionada a Lei nº 13.435, de 12 de abril, que institui o mês de agosto como o Mês do Aleitamento Materno (Agosto Dourado). O objetivo é intensificar ações intersetoriais de conscientização e esclarecimento sobre a importância do aleitamento materno e mobilizar a sociedade em prol da amamentação no País.

Fonte: Governo do Brasil, com informações do Ministério da Saúde e Rede Global de Bancos de Leite Humano 



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: