Bahia perde mas avança na Copa do Brasil

O Bahia está classificado para as quartas de final da Copa do Brasil. Mesmo depois de uma atuação tenebrosa e derrota por 2×0 diante do Vasco na noite desta quinta-feira (16), a vaga foi assegurada por conta do triunfo por 3×0 no jogo de ida, na Fonte Nova, que aconteceu antes da Copa do Mundo. O adversário na próxima fase será o Palmeiras. Os jogos estão marcados para o dia 2 e 16 de agosto, o primeiro em Salvador e o segundo em São Paulo, ambos às 19h15.

Empurrado por um São Januário lotado, o time cruzmaltino partiu pra cima do tricolor como era esperado. Como se não bastasse o ímpeto dos jogadores vascaínos, a postura do Bahia contribuiu e muito para que o jogo se tornasse perigoso.

Enderson Moreira escalou a equipe no 4-1-4-1, posicionando Mena centralizado ao lado de Elton e Vinícius aberto pelo lado direito. As modificações táticas não surtiram efeito. A estratégia era aproveitar cada segundo e fazer o tempo passar. O goleiro Anderson foi “mestre” nisso. Trocou chuteira, pediu atendimento e valorizou cada defesa feita.

Depois de duas chegadas perigosas que não conseguiu a conclusão, o Vasco abriu o placar aos 33 minutos. Nino afastou mal a bola no campo defensivo, nos pés de Andrés Ríos, que driblou o lateral tricolor e caiu na área. O árbitro, perto do lance, marcou pênalti, convertido com muita categoria por Yago Pikachu.

Nervoso com a arbitragem, o Bahia teve quatro atletas amarelados antes do intervalo: Lucas Fonseca, Vinícius, Edigar Junio e Zé Rafael. Somente o último por uma falta cometida. Os demais por se envolverem em cera, confusão ou reclamação.

Sufoco

O Vasco voltou do intervalo com uma intensidade ainda maior. Logo no início do segundo tempo, Enderson Moreira foi obrigado a colocar Flávio no lugar de Nino Paraíba, que sentiu o joelho.

Aos 19 minutos, um golpe. Yago Pikachu cobrou falta da direita, Andrey cabeceou para o chão e Anderson não conseguiu segurar. O segundo gol vascaíno fez a torcida explodir em São Januário. Por pouco o tricolor não sofreu o terceiro um minuto depois, em nova trapalhada de Tiago que, ao tentar cortar um cruzamento, quase ajeitou para Andrés Ríos, mas o atacante chegou atrasado na bola.

Com o time da casa em busca do terceiro gol, o Bahia até passou a ter alguns espaços para contra-atacar, mas pecava no último passe ou na finalização.

Tendo que se expor, o Vasco seguiu cometendo alguns erros no ataque e o Bahia, na base do chutão, segurou o placar para garantir a classificação às quartas de final. Houve ainda duas expulsões no final da partida. Andrés Ríos pelo Vasco e o lateral Léo, pelo tricolor.

O tricolor volta a campo já na quinta-feira, contra a Chapecoense, às 19h30, na Arena Condá, pelo Campeonato Brasileiro.(Correio)



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: