Trump culpa democratas por separação de crianças imigrantes

O presidente Donald Trump acusou hoje (15) o Partido Democrata, de oposição, pela separação de crianças e pais que tentam cruzar ilegalmente a fronteira dos Estados Unidos com o México. “Eu odeio as crianças sendo retiradas [de seus pais]. Os democratas têm que mudar a lei. Essa é uma lei deles”, disse Trump em uma entrevista no gramado da Casa Branca.

Trump já tinha culpado os democratas pela separação de famílias em uma mensagem pelo Twitter, no início de junho. Na ocasião, o presidente disse que a separação de famílias na fronteira era culpa das “más leis aprovadas pelos democratas”.

A legislação que permite a separação das crianças dos pais sempre existiu, segundo especialistas em imigração nos Estados Unidos. A diferença, no entanto, é que o texto não era aplicado com o atual rigor.

Em maio, o procurador-geral dos Estados Unidos Jeff Sessions anunciou que começaria a implementação de uma norma de “tolerância zero” na fronteira. Sessions afirmou que, se alguém tentasse entrar ilegalmente nos Estados Unidos com uma criança, essa pessoa seria processada e separada do menor como determina a lei norte-americana.

Uma reportagem do jornal The New York Times, publicada em abril, revelou que mais de 700 crianças foram retiradas de adultos que alegavam ser pais dos menores, desde outubro do ano passado. O número inclui mais de 100 crianças com menos de 4 anos.(Agência Brasil)



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: