Travessia Salvador-Mar Grande está suspensa

Propaganda

A travessia Salvador-Mar Grande está suspensa neste sábado (26), por conta dos ventos fortes e ondas elevadas e mar agitado na Baía de Todos os Santos. As condições de navegação dentro da baía estão impróprias para as embarcações do sistema operar com segurança.vSegundo a Astramab, a travessia só será retomada se ocorrer uma melhoria acentuada das condições do tempo, mas até o momento não existe nenhuma previsão neste sentido.

Também por conta do mau tempo, as escunas de turismo não são hoje.

Já a linha de catamarã, que liga Salvador a Morro de São Paulo vai operar,  mas com conexão em Itaparica, já que as condições de navegação entre a capital e a Ilha de Tinharé estão impróprias em toda a extensão de aproximadamente 60 quilômetros. Sendo assim, os passageiros embarcam no Terminal Náutico e seguem de catamarã até Itaparica, de onde seguem de ônibus até a Ponta do Curral (Valença) e fazem  uma pequena travessia até o Morro de São Paulo. Com conexão em Itaparica, a viagem  dura 3h20, cerca de uma hora a mais que a viagem direta de catamarã. As saídas hoje para o Morro ocorrem às 8h30, 9h, 10h30 e 13h. No sentido inverso, às 9h,11h30, 13h e 15h.

ASTRAMAB ESCLARECE SOBRE NOTÍCIAS  ENVOLVENDO A  LINHA SALVADOR-MORRO DE SÃO PAULO

A Astramab – Associação dos Transportadores Marítimos da Bahia –  informa que as travessias  Salvador – Morro de São Paulo, Salvador-Mar Grande, bem como as escunas de turismo que operam o passeio pelas ilhas da Baía de Todos os Santos funcionaram  normalmente  ontem (25) e que até o momento o problema de desabastecimento  causado pela paralisação dos caminhoneiros não atingiram as embarcações da frota.

Ontem  as operações transcorreram sem restrições e todos os horários foram feitos normalmente.

A Astramab informa à opinião pública e aos veículos de comunicação que as linhas  marítimas  entre Valença e a Ilha de Tinharé, incluindo Valença – Morro de São PauloValença-Boipeba, e que, segundo o noticiário de alguns veículos, ”estariam com operações suspensas” , não são de responsabilidade  de seus associados.ASCOM



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: