Relatório mostra que casas de madeira são a tendência do futuro

Propaganda

O novo relatório da Grand View Research, Inc divulgado para o mercado global de madeira laminada cruzada (CLT) mostra que até 2025 ele deve ser avaliado em US $ 2,07 bilhões. Um dos fatores é o crescimento das construções de casas de madeira.

Segundo a entidade, o aumento acontece juntamente com iniciativas governamentais de apoio em todo o mundo que positivamente influenciam e esquentam este mercado, o que reflete também o aumento da conscientização sobre os riscos ambientais causados ​​pelo uso de concreto de cimento na construção.

Hoje a demanda por edifícios residenciais de madeira, como casas e apartamentos com apelo estético e flexibilidade de design está a todo vapor, como parte de um grande movimento global baseado na mudança do uso do concreto para a madeira.

A Europa ainda é a região líder deste mercado. Espera-se que os segmentos institucionais e comerciais respondem coletivamente por 46,9% do mercado global em 2025, mas o papel do Brasil é extremamente relevante pro futuro. Uma árvore cultivada no norte da Europa demora cerca de 80 anos para atingir a maturidade necessária para servir à construção civil. Já com as condições climáticas e de solo do Brasil, esse tempo, aqui, cai para 14 anos. Mais da metade do nosso território é coberta por florestas.

​P​or ser um produto de potencial substituto de poluentes e não renováveis, pode ser um descarbonizador da construção civil, setor responsável por 50% das emissões. ​( #Envolverde)



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: