Inclusão de Coronel pode custar uma cadeira no senado



O governador Rui Costa (PT) pediu calma, ontem, aos aliados para definir a chapa que concorrerá a eleição deste ano. Depois da informação de que o vice-governador João Leão (PP) decidiu disputar a eleição concorrendo ao mesmo cargo, começou-se a especular que a composição governista está praticamente pronta, com o petista baiano na cabeça e o progressista na vice. Além disso, o presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), Ângelo Coronel (PSD), e o ex-secretário estadual de Desenvolvimento Econômico (SDE), Jaques Wagner (PT), como postulantes ao Senado Federal.

Dentro da estratégia adotada pelo governador, a única nota destoanate a a tentativa do PSD de incluir a figura do deputado Angelo Coronel, presidente da ALBa, na chapa que disputará cadeiras no Senado. O deputado é conhecido por sua pouca capacidade legislativa. Dono de ideias mirabolantes, pode ser um enfeite no senado. Retirando da Bahia uma importante senadora como Lidice da Mata.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: