Praça Lord Cochrane receberá novas obras artísticas de Ray Vianna

Propaganda

 

Um dos maiores espaços públicos e de lazer da cidade, a Praça Lord Cochrane, localizada na Avenida Anitta Garibaldi, foi recentemente entregue à população completamente requalificada, durante as comemorações do aniversário dos 469 anos de Salvador. Além dos equipamentos de lazer, o espaço vai contar também com novos elementos paisagísticos a partir deste mês, promovidos pela Prefeitura por meio da Fundação Gregório de Mattos (FGM) e investimento de R$ 48 mil.

A praça ganhará oito Valentinas e três Altivas, todas confeccionadas pelo artista plástico Ray Vianna, feitas em fibra de vidro e haste em ferro, de tamanhos variados, alcançando no máximo seis metros de altura. As peças vão dialogar com as quatro Tulipas gigantes que já compõem o cenário do espaço desde 2012 – estas, inclusive, foram revitalizadas e entregues junto com a reinauguração da praça.

As esculturas contemplam o projeto de valorização paisagístico da Lord Cochrane. As Altivas estarão direcionadas sentido Avenida Miguel Calmon. Já as Valentinas estão previstas para serem instaladas na direção da Avenida Anita Garibaldi. “Esse trabalho faz parte do projeto Flores Urbanas. As peças são baseadas em dobraduras de papel. Faço as lâminas em formas geométricas de triângulos e dobro para dar formato diferente de flor. Não são peças moldadas”, conta Ray Vianna.

A ideia é que as novas flores da Lord Cochrane interfiram na paisagem urbana de forma sutil, promovendo um encontro com a beleza, a contemplação, a reflexão e, ao mesmo tempo, dialogando com os motoristas e pedestres que transitam próximos aos locais onde elas serão “plantadas”. “Quando coloquei as Tulipas ali descobri o poder de destaque delas em meio a tanta informação da rua. Outra coisa é que, por elas serem brancas, acabam levando mensagem de paz aos motoristas e todos que passam por lá”, pontua Vianna.

Balanço – Desde 2013, mais de 50 obras entre monumentos, bustos, estátuas e esculturas foram instaladas e recuperadas por meio da FGM. Dentre eles estão o Marco de Fundação da Cidade do Salvador, no Porto da Barra; esculturas Meninas do Brasil (As Gordinhas), em Ondina; estátuas de Thomé de Souza, do Barão do Rio Branco e Relógio de São Pedro, no Centro; busto de Dorival Caymmi, em Itapuã; escultura Sereia do Rio Vermelho, no Rio Vermelho, entre outros.

SECOM



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: