O Matuto: O vizinho queria me pegar

Propaganda

“Pois é o meu vizinho me perguntou hoje do que eu acho da saúde de onde agente mora se é possível fazer uma cidade com uma saúde de boa qualidade, confesso que fiquei muito preocupado porque ele não é de muita fala e me veio com essas perguntas de supetão.
Pois bem vamos lá a primeira pergunta foi ‘O que acho da saúde da nossa cidade?’
Responder o que vizinho se não tem nem hospital por aqui.
A segunda quanto tempo não nasce uma criança na cidade?
Responder o que vizinho se aqui não tem uma maternidade.
A terceira porque demora tanto para chegar uma ambulância do SAMU quando o povo precisa?
Responder o que vizinho se só tem sucatas no pátio da Secretaria de Saúde.
A quarta porque não tem remédio e médicos nos postos de saúde?
Responder o que vizinho se as licitações para comprar ainda não saiu e quanto os médicos que quer trabalhar para receber tão pouco.
A quinta e última pergunta porque os vereador da região já gosta de uma ambulância?
Responder o que vizinho não tá vendo que é assistencialismo do sistema falido chamado saúde.
Conclusão as perguntas e as respostas são pertinentes, pois muitas cidades não investem em saúde então alguns assistencialistas e aproveitadores da miséria aleia vive a vender a falsa inclusão que é o melhor para o povo, sendo que o melhor é legislar para uma saúde de qualidade para todos.”

Visão Cidade



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: