Calculadora do governo informa quanto tempo falta para você se aposentar

Propaganda

INSS, ou aposentadoria, virou sinônimo de dor de cabeça depois que a reforma da previdência foi anunciada a fim de aumentar o tempo de contribuição dos trabalhadores brasileiros.

Mesmo que não tenha sido aprovada, é bastante controverso o que o governo quer impor. Desde então, essa PEC já passou por algumas mudanças e hoje mantém a idade mínima para requerer o benefício — a partir dos 65 anos para os homens e 62 anos para as mulheres, ou um mínimo de 25 anos de contribuição.

Mas a verdadeira pergunta é, como saber ao certo quanto tempo falta para você se aposentar de verdade? Você se lembra quando foi a primeira vez que teve sua carteira de trabalho assinada ou quando foi que pagou o “benefício” pela primeira vez?

Calma, que é possível saber ou pelo menos ter uma ideia de quanto tempo falta. Através de um portal do governo chamando Cidadão.br, é necessário, primeiramente, realizar um cadastro fornecendo informações como: nome completo, CPF, data de nascimento e o nome completo da sua mãe — vale lembrar que você pode ter problemas com a forma como o nome da sua mãe está cadastrado no banco de dados deles, caso ela seja divorciada ou esteja cadastrada com o nome de quando era solteira. Se caso você não conseguir, confirme com ela ou entre em contato com a central por telefone.

Vale lembrar que, caso apareça que você já atingiu o prazo mínimo de contribuição e já pode dar entrada na sua aposentadoria, certifique-se dessa informação comparecendo a uma das agências do INSS pessoalmente, pois pode haver divergência entre informações do site e o que está no sistema do governo.

Simulação sem cadastro no portal Cidadão.br

É importante saber que, para uma informação mais próxima da realidade, você precisará estar com sua carteira de trabalho em mãos:

1. Acesse o portal Meu INSS

1

2. Preencha de acordo o campo “Data de Nascimento”.

2

3. Preencha de acordo o campo “Sexo”.

3

4. Adicione o período de trabalho em todas as empresas pelas quais você já passou. Basta clicar na opção “+”.

4

5. Depois de clicar na opção “+” anteriormente, você deverá preencher as datas de “Admissão” e “Fim” conforme consta na sua carteira de trabalho.

5

6. Caso você tenha trabalhado em mais de uma empresa, será necessário repetir os passos 4 e 5 até todas estarem listadas, lembrando que deve ser uma por uma.

6

7. Depois que todas as suas experiências profissionais estiverem preenchidas, e você clicar em “Simular”, aparecerá na tela abaixo o tempo que ainda resta de contribuição. Para mais informações, você pode clicar em “Detalhar”.

7

8. Clicando em “Detalhar”, será feito o download de um arquivo em PDF no seu PC, apresentando informações mais específicas sobre a sua futura aposentadoria.

8

Simulação com cadastro no portal Cidadão.br

1. Acesse o portal Meu INSS e selecione a opção “Faça login para carregar seus vínculos automaticamente”.

cad 1

2. Na tela que surgir, inclua seus dados de login e senha ou faça o cadastro de acordo clicando em “Cadastre-se”.

cad 2

3. Preencha o formulário de acordo com as suas informações. Lembrando que, conforme comentado no início deste tutorial, caso a sua primeira tentativa no campo “Nome da Mãe” não dê certo, confirme o nome de solteira dela ou entre em contato com o SAC para confirmação.

cad 3

4. Você receberá uma senha provisória para acesso ao portal.

cad 4

5. Acesse novamente o portal Meu INSS e clique em “Entrar”.

cad 5

6. Preencha as informações na sequência com seu “CPF” e a senha provisória fornecida, e não se esqueça de clicar na caixa captcha para provar que você não é um robô antes de clicar em “Entrar”.

cad 6

7. O portal vai pedir para você alterar a sua senha provisória. Depois que você fizer isso, aparecerá na sua tela a calculadora já com as informações de quanto tempo resta para você se aposentar.

A grande vantagem da realização do cadastro no portal do Cidadão.br é que as informações virão automáticas, e você não precisará ficar digitando as datas de admissão e saída dos seus trabalhos anteriores e do atual.

E aí, quanto tempo ainda falta para você se aposentar e ter acesso ao benefício? Conte para a gente no campo dos comentários!(Tecmundo)



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: