Mais de 43 mil turistas de cruzeiros marítimos desembarcarão em Salvador até abril

Propaganda
Mesmo com o fim das festas de largo e do Carnaval, eventos que atraíram pessoas de todos os lugares do país e do mundo a Salvador, a capital baiana continua recebendo turistas, boa parte proveniente de cruzeiros marítimos. Até o dia 10 abril, data que marca o final da temporada de viagens por este meio de transporte, desembarcarão por aqui 43.585 visitantes, segundo levantamento da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Secult).
Nesta terça (20), dois navios chegaram ao Terminal de Passageiros do Porto de Salvador, no Comércio, o Silver Muse e o MSC Preziosa, que vieram do Rio de Janeiro e de Búzios, respectivamente. Além destes, virão outros 14 cruzeiros de cidades como Rio de Janeiro, Búzios, Santos, Ilhéus e Cabo Verde – 35 já aportaram. Os turistas que desembarcam permanecem, em média, 15 horas na cidade e costumam incluir na rota de passeio as igrejas de São Francisco, do Senhor do Bonfim, Conceição da Praia, a da Misericórdia, Catedral Basílica São Salvador, além da Casa do Benin, Casa do Rio Vermelho, Forte São Diogo e Forte de Santa Maria, entre outros museus.
O gasto médio de cada visitante é de R$ 485 nesta temporada, em consumo de produtos e serviços voltados para os ramos de alimentação, vestuário, passeios turísticos e artesanato, por exemplo. As estimativas apontam uma movimentação econômica de cerca de R$ 70 milhões em Salvador. Entre o início da atual temporada de cruzeiros marítimos, em novembro passado, até abril deste ano, terão passado por aqui 151.560 passageiros. O número é 7,5% maior se comparado com a temporada passada (141.000 passageiros).
Para o titular da Secult, Cláudio Tinoco, as obras de requalificação no Centro Histórico e implantação de equipamentos como a Casa do Carnaval são reforços significativos para atrair ainda mais turistas nos próximos anos. “A requalificação e implantação de novos atrativos em Salvador tem despertado o desejo dos turistas de visitarem a cidade. Aproveitamos esse novo momento para capacitar os operadores e agentes de viagem que vendem o nosso destino. O resultado está nesse aumento de fluxo em todos os segmentos. Vamos ampliar ainda mais a promoção de Salvador, e o segmento de cruzeiros é importante pela acessibilidade e movimentação econômica que é produzida durante toda a temporada”, ressalta Tinoco.
SECOM 


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: