Evangelização 2 Samuel 22:1-19

E Falou Davi ao SENHOR as palavras deste cântico, no dia em que o SENHOR o livrou das mãos de todos os seus inimigos e das mãos de Saul.
Disse pois: O Senhor é o meu rochedo, e o meu lugar forte, e o meu libertador.
Deus é o meu rochedo, nele confiarei; o meu escudo, e a força da minha salvação, o meu alto retiro, e o meu refúgio. Ó meu Salvador, da violência me salvas.
O Senhor, digno de louvor, invocarei, e de meus inimigos ficarei livre,
Porque me cercaram as ondas de morte; as torrentes dos homens ímpios me assombraram.
Cordas do inferno me cingiram; encontraram-me laços de morte.
Estando em angústia, invoquei ao Senhor, e a meu Deus clamei; do seu templo ouviu ele a minha voz, e o meu clamor chegou aos seus ouvidos.
Então se abalou e tremeu a terra, os fundamentos dos céus se moveram e abalaram, porque ele se irou.
Subiu fumaça de suas narinas, e da sua boca um fogo devorador; carvões se incenderam dele.
E abaixou os céus, e desceu; e uma escuridão havia debaixo de seus pés.
E subiu sobre um querubim, e voou; e foi visto sobre as asas do vento.
E por tendas pôs as trevas ao redor de si; ajuntamento de águas, nuvens dos céus.
Pelo resplendor da sua presença brasas de fogo se acenderam.
Trovejou desde os céus o Senhor; e o Altíssimo fez soar a sua voz.
E disparou flechas, e os dissipou; raios, e os perturbou.
E apareceram as profundezas do mar, e os fundamentos do mundo se descobriram; pela repreensão do Senhor, pelo sopro do vento das suas narinas.
Desde o alto enviou, e me tomou; tirou-me das muitas águas.
Livrou-me do meu poderoso inimigo, e daqueles que me tinham ódio, porque eram mais fortes do que eu.
Encontraram-me no dia da minha calamidade; porém o Senhor se fez o meu amparo.
2 Samuel 22:1-19



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: