Versão do Windows 10 para celulares chega ao fim

A versão para celulares do Windows 10 chegou ao fim. A confirmação do posicionamento da Microsoft veio por meio de uma série de tuítes de Joe Belfiore, um dos principais executivos da companhia. As declarações efetivam o que, na prática, já se via há mais de um ano na plataforma móvel.

Além de esclarer como ficará o suporte do sistema, o representante da empresa de Redmond também deu algumas explicações sobre os fatores que levaram a versão móvel do Windows à morte. Vale lembrar que em julho deste ano, a Microsoft havia desligado o suporte estendido ao Windows Phone 8.1.

Joe Belfiore afirma que a Microsoft continuará oferecendo atualizações de segurança e updates para correção de bugs do sistema. Entretanto, “desenvolver novos recursos e hardware não é o foco”, diz o tuíte. Em outro post no microblog, o executivo declarou que a empresa desistiu do sistema por conta da “variedade de apps e hardware” oferecida no Android, plataforma rival presente na maioria dos smartphones.

Ainda sobre a pouca quantidade de aplicativos, outras declarações ajudam a entender o que encorajou o desembarque da Microsoft do mercado dominado por Android e iOS, sistema presente em iPhone e iPad. “Nós tentamos muito incentivar desenvolvedores de apps”, enfatizando inclusive que a Microsoft investiu dinheiro e chegou a criar – ela própria – apps para terceiros, num esforço para povoar loja de aplicativos do sistema e atrair mais desenvolvedores e usuários.

No entanto, a conclusão é de que “o volume de usuários é muito baixo para que a maioria das companhias invista”. Assim, muitos aplicativos populares nas outras plataformas acabaram inexistindo no Windows para celulares, o que contribuiu para manter a falta de interesse em celulares com o sistema.

Microsoft no Android e iPhone

O fim do sistema operacional dedicado a celulares fortalece a posição da Microsoft enquanto fornecedora de apps e serviços para as plataformas que antes eram rivais. Aplicativos como Office e serviços da Microsoft, como a Cortana e Skype, passam a ser o foco da desenvolvedora para sistemas operacionais móveis.(Thectudo)



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: