Salvamar recebe novos equipamentos e dá início à Operação Verão 2017

Propaganda
Os 250 salva-vidas que atuam na orla de Salvador contam, a partir desta segunda-feira (31), com novos equipamentos para realização do trabalho de salvamento marítimo. A sede da Coordenadoria de Salvamento Marítimo (Salvamar), em Patamares, foi palco da entrega dos novos materiais que vão auxiliar na Operação Verão 2017 do órgão. A Salvamar, que é vinculada à Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop), recebeu 2.555 novos itens, incluindo pranchas de long board, bandeiras de sinalização, vestimentas e rescue tube, pocket mask, dentre outros itens. Além disso, os dois jet skis foram reformados e revisados para as operações. O valor total do investimento foi de R$ 400 mil.
De acordo com a secretária da Semop, Rosemma Maluf, a intensificação das ações de salvamento marítimo no Verão acontece por ser uma época em que as praias são mais frequentadas, tanto por soteropolitanos quanto pelos turistas. “A Salvamar precisa estar preparada. Nós iniciamos a Operação Verão também com as demais unidades da Semop que atuam na orla, a exemplo do licenciamento e fiscalização. Serão destacadas não só a sinalização das condições marítimas, mas atuará de forma mais intensiva com os novos equipamentos. Além de todo o material entregue, estamos em processo de licitação de 22 elevados (observatórios) a serem instalados na orla, para garantir maior visibilidade das praias”, disse.
Durante todo o ano, os agentes passam por qualificação e reciclagem, além de contar com a nova piscina e academia de ginástica. Para João Luis Moraes, coordenador da Salvamar, o novo material vem ajudar no salvamento, melhorando a rotina dos salva-vidas. Além disso, o trabalho nas praias também passou por mudanças. “Estamos mudando a forma de abordagem, com atendimento ao banhista antes dele adentrar ao mar, alertando para os riscos da corrente marítima. Hoje um dos maiores riscos é excesso de bebida alcoólica e falta de atenção à sinalização. Alguns locais têm valas, pedras, correntes de retorno e ali não indicamos o banho, pois há risco iminente de afogamento. Pedimos que tenham atenção para um banho seguro”. 
A Salvamar atua no trecho entre as praias do Jardim de Alah e Ipitanga, além da Ilha de Maré. Em caso de emergência, os salva-vidas também podem ser acionados através do Fala Salvador 156 ou pelo (71) 3363-5333.
AGECOM


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: