Veja dicas para não sofrer com o peso da mochila escolar

Alunos sofrem com mochilas cada vez mais pesadas
Alunos sofrem com mochilas cada vez mais pesadas

A cada ano, as mochilas escolares ficam mais pesadas. São livros, cadernos e todo o tipo de material escolar que as crianças precisam levar às aulas.
Segundo o Ministério da Saúde, o peso dessas mochilas não deve ultrapassar os 10% do peso da criança. Ou seja, um aluno de 40 kg deve levar uma mala de, no máximo, 4 kg.
Mas não é isso o que acontece. “O uso da mochila pesada pode causar dor, desvio de postura e doenças sérias na coluna”, conta Eliane Alfani, pediatra do Hospital e Maternidade São Luiz.
Como muitas vezes os pais não sabem como minimizar o peso da mochila, a “Folhinha” separou algumas dicas. Confira:
1. Saiba o peso ideal
O peso total da mochila não deve ultrapassar os 10% do peso da criança. É importante ir à balança e conferir.
2. Leve o que realmente importa
Se o peso está maior do que o recomendado, reavalie o que está na mochila. Você pode encontrar várias coisas que poderiam ficar em casa.
3. Fichário pode ajudar
Em vez de cadernos pesados, o fichário pode ajudar. É possível levar somente as folhas das matérias do dia.
4. Esqueça os bolsos
Compre mochilas sem muitos bolsos e compartimentos. Isso força o aluno a levar o que realmente importa.
5. Não leve tudo
Para evitar o trabalho de separar o que será usado no dia, crianças têm o hábito de levar todo o material da semana. Não leve tudo.
6. Lanche é na lancheira
Nada de deixar a lancheira dentro da mala. Isso só aumenta o peso nas costas.
7. Converse com a escola
Caso seja impossível diminuir o peso da mochila, converse com a escola. Veja a possibilidade de deixar o material mais pesado no próprio colégio.
8. Se tudo der errado
Caso não dê mesmo para chegar ao peso ideal, considere comprar uma mochila de rodinha. Ela não força as costas.
(Folha)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: