PM identifica policiais envolvidos em agressão que deixou cozinheira cega

O comando da Polícia Militar já identificou os responsáveis pelo caso da cozinheira Almerinda Santos das Neves, 34 anos, que perdeu a visão do olho esquerdo depois de ser agredida por PMs durante o Festival de Música e Artes do Olodum (Femadum), no dia 22 de janeiro.
De acordo com o capitão Marcelo Pitta, assessor de imprensa da corporação, existem quatro envolvidos. “Eles foram reconhecidos através da numeração, da escala de serviço e também pelo vídeo”, afirmou. Um inquérito policial militar foi aberto e será presidido pelo capitão Gabriel Neto.
O exame de corpo delito, feito no sábado por Almerinda, será anexado aos autos do processo. Segundo Pitta, os responsáveis vão responder tanto administrativamente quanto judicialmente. “A pena no caso administrativo pode variar entre uma advertência até a exclusão do quadro. Criminalmente eles podem responder por lesão corporal”, afirmou.
De acordo com o irmão da vítima, Raimundo Santos das Neves, Almerinda tem sofrido com dores na face e está deprimida. ” Quando ela se olha no espelho, vem a depressão”, disse. ” Espero que eles sejam punidos como diz o regulamento. Os policiais não respeitaram a norma”, completou.
Informações Correio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: